terça-feira, dezembro 25, 2012

Rabanada

Não vou mentir dizendo que rabanada é um prato tradicional nos natais da minha família, na verdade nem gosto de natal, e a primeira vez que comi rabanada foi no ano passado! Mas uma coisa é certa, rabanada é confort food total, talvez por isso seja comida de natal!


Nada aqui tem uma medida exata!
Receita:
  • pão amanhecido, (ou dormido, ou seja lá como você chame seu pão de um dia para o outro)
  • 1 ovo batido
  • leite de coco adoçado com leite condensado, (o que não impede de usar leite de vaca adoçado com açúcar)
  • Açúcar e canela
  • Frigideira anti aderente (não tem anti aderente? vai de frigideira comum e um pouquinho de óleo, e lembra de colocar em um papel absorvente depois)
Corte o pão em fatias de aproximadamente 1 dedo de espessura, passe no leite, em seguida passe no ovo (nada de deixar de molho no leite), leve para "fritar" na frigideira, sem óleo, tá?
Deixe dourar, polvilhe açúcar e coma ainda quente, porque confort food que ser preze é morno.

segunda-feira, dezembro 03, 2012

Um ano se passou!

Faz exatamente um ano que me aventurei pela primeira vez no mundo dos bolos decorados, exatamente com o bolo de Nina!


Lembro que esse bolo fiz em uma madrugada, depois de colocar Chico para dormir, passe a noite em claro, sem saber o que fazer para a pasta não rachar, para conseguir a cor desejada, descobrindo que faltou esse ou aquele material... Quando terminei eu tinha açúcar dos pés a cabeça e um bebê me esperando (aos berros) para mamar!


Hoje, faço novamente o bolo dessa pequena, com o mesmo carinho que fiz o primeiro! 

Continuo colocando meu pequeno para dormir antes de fazer meus bolos, adquiri um pouco mais de prática e técnica, mas alguns ainda me deixam trabalhando a madrugada toda! Ainda não sei lidar com algumas clientes, já pensei em desistir diversas vezes, mas acho que viciei, agora para largar é preciso tratamento, abstinência... Dá mais trabalho que fazer os bolos! 

domingo, outubro 28, 2012

Pão de Liquidificador

Tem uma galera que não faz pão porque não gosta de sovar a massa, ou porque tem medo de não dar certo, então eis a receita infalível de pão, prático, gostoso e hiper fácil de fazer, não precisa sovar a massa, só precisa de um liquidificador!


Olha a fofura desse pão!

Receita:
  • 500g de farinha de trigo sem fermento
  • 3 copos de leite morno
  • 3 ovos inteiros
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 colher de café de sal
  • 1/2 copo de óleo de milho ou canola
  • 1 pacotinho de fermento biológioco seco (10g)
  • Manteiga e parmesão ralado para finalizar

Bata tudo no liquidificador, exceto a farinha de trigo. Em uma vasilha adicione o líquido com a farinha de trigo, misture bem (a massa fica mole). Ponha em uma forma grande, untada com manteiga e farinha, ou em 2 formas de bolo com furo também untadas, deixe crescer por 40 minutos, em seguida leve ao forno para assar por aproximadamente 30 minutos!

Ao tirar do forno, pincele manteiga e polvilhe queijo parmesão!

domingo, outubro 14, 2012

Falso Carbonara

Um dia antes de começa a minha dieta (começar é modo de dizer, porque começo e recomeço a dieta sempre, desde que nasci) decidi enfiar o pé na jaca em grande estilo, o que para mim é composto com uma boa massa e um doce (o doce eu já tinha comido de tarde, só faltava a massa! Para resolver minha questão fui de falso carbonara.



E por quê é um falso carbonara? Porque o verdadeiro é feito com bacon, como não tinha bacon em casa, mas encasquetei de comer carbonara (nunca antes feito por mim), fiz com liguiça toscana mesmo, que era o mais próximo de bacon que tinha na minha cozinha! O importante é não desistir por falta de um ou outro ingrediente! Ah, em geral o creme de leite é o fresco, mas fui de creme de leite de caixinha mesmo! Usei uma receita de Jaime (Oliver) para me basear.

Receita (porções):

  • 250g de massa (pene, fusili, talharim...)
  • 3 linguiças toscanas
  • 1 caixinha de de creme de leite comum (em geral se usa fresco)
  • 2 gemas 
  • 50g de queijo parmesão ralado (deveria ser ralado na hora, mas foi um de pacotinho, ao menos foi "Faixa Azul")
  • azeite
  • pimenta do reino
  • sal (se necessário)
Em uma tigela, bata as gemas + o creme de leite + queijo parmesão e reserve. Corte a linguiça em pequenos pedaços, frite com um pouco de azeite, jogue o macarrão cozido (guarde um pouco da água). Com a frigideira bem quente, acrescente a mistura reservada, mexa bem! Se estiver muito seco, acrescente algumas colheres da água em que o macarrão foi cozido. Tempere com pimenta do reino e sal (se necessário)!

Sensacional!

quinta-feira, setembro 27, 2012

Tomate Assado

Ainda estou nesse vai e volta, nesse momento consegui um tempinho para postar alguma coisa! Na verdade minha vida está bem mais organizada do que da última vez que estive por aqui! Estou conseguindo conciliar os 2 trabalhos da forma mais leve possível, Francisco dormido bem na última semana, continuo fazendo bolos (mas em um ritmo muito menor), voltei a cuidar de mim, estou conseguindo respirar entre uma tarefa e outra!

Depois de atualização sobre a minha vida, vamos ao motivo principal do poste, os tais tomates assados! Não faz muito tempo que  tive uma fase tomate assado, principalmente esses tomatinhos cerejas, aff, dá água na boca só de lembrar! Eles nunca faltavam na minha lista de mercado!


Não se trata de uma receita, é apenas uma idéia!

Em uma assadeira pequena ou refratário, ponha os tomatinhos cereja (de preferência bem maduros) tempere com ervas (tomilho, manjericão, orégano, alecrim... fica a eu critério), polvilhe 1 pitada de sal e 2 de açúcar (para uma caixinha de 400g de tomates use 1 colher café rasa  e 2 colheres de açúcar), regue com azeite e leve ao forno para assar até ficarem bem macios.

Use em sanduiches, saladas, acompanhamento de carnes... Use como quiser, mas use!

terça-feira, setembro 11, 2012

Bolo de Banana

Banana é a rainha da fruteira aqui de casa, fato! Todos somos loucos por banana, até o pequeno Chico! Acredito que por ser muito versátil acabo usando banana em várias receitas, inclusive já fiz um muffin de banana e aveia, bolo de banana invertido, purê de banana da terra, banana gratinada e agora o bolo de banana! 

Esse bolo surgiu da seguinte forma, eu estava fazendo um bolo para uma cliente (sim, eu não tenho vergonha na cara e continuo fazendo bolos, as clientes são loucas e continuam me encomendando, mas isso é outra história. De volta ao bolo de banana), meu marido estava com alguns amigos no estúdio aqui em casa (ele é produtos musical, mas isso também é outra história), decidi fazer uma gracinha para os meninos e dobrar a receita do bolo, acrescentar umas "frescurinhas" dando origem a esse bolo!


Estamos falando de um bolinho simples, desses para comer ainda quente, acompanhado de um café!

Receita:
  • 250g de açúcar 
  • 250g de farinha de trigo
  • 100g de manteiga ou margarina
  • 125ml de leite de coco (se preferir pode ser leite comum)
  • 3 ovos inteiros (não precisa separar gema e clara)
  • 3 bananas amassadas grosseiramente
  • 1 colher de café de canela em pó
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • açúcar a canela para polvilhar
Bata o açúcar + manteiga + ovos até virar um creme fofo ou quase dobrar de volume! Adicione a farinha de trigo (peneirada, tá), o leite e a canela, misture antes de bater novamente! Acrescente o fermento (também peneirado), misture sem levar a batedeira. Por último incorpore a banana amassada grosseiramente! Ponha em uma forma (redonda de 20cm de diâmetro, ou de furo no meio, tipo pudim) untada ou forrada com papel manteiga (depois tenho uma dica sobre papel manteiga que aprendi com Jaime Oliver), leve ao forno pré aquecido a 180 graus até enfiar o palito e sair sequinho! Por fim, polvilhe a mistura de açúcar e canela no bolo ainda quente, faz uma casquinha delícia!


sexta-feira, agosto 31, 2012

Restaurante Week 2012 - Ocho Ceviche Bar

Finalmente consegui participar do Restaurante Week, esse ano fui em dois restaurantes, um foi bacaninha, mas o Ocho foi bacaníssimo! Na verdade, foi tão bacana que decidi postar sobre o restaurante e os pratos do evento!

O Ocho Ceviche Bar fica no Rio Vermelho, e durante o evento só funcionou para o jantar, o menu com entrada, prato principal e sobremesa custa R$43,90! O ambiente do restaurante é muito agradável, a cozinha é aberta, dá para ver seu prato sendo feito na hora, o atendimento foi muito bom! De cara rolou um inconveniente que foi solucionado prontamente, o que reafirmou o bom atendimento! Estavamos tomando chopp, que terminou na primeira rodada, mas o gerente aceitou nossa proposta de fazer a long neck pelo preço do chopp, justo, né?

O Prato Principal

Antes de pedir os pratos do evento, decidimos pedir um trio de ceviche. Eles vinham acomodados em uns copinhos de 200ml, o primeiro era um ceviche clássico de peixe branco, o segundo tinha um tom vinho e um sabor agridoce, o último tinha peixe branco, camarão e polvo.  Sem dúvida volto para comer essa entrada novamente!

O meu pedido foi o seguinte:

Entrada
Tartar de salmão com abacates picados, Sour Cream, azeite de beterraba e balsâmico

Prato Principal
Peixe branco e camarões grelhados em fundo de coco e Aji Amarillo, acompanhado de arroz branco e fatias de tomate e cebola roxa grelhados

Sobremesa
Sanduíche crocante de chocolate branco com calda de maracujá e sorvete de creme

A Sobremesa
A entrada estava espetacular, o prato principal, apesar de picante, era muito saboroso (comi todinho mesmo não sendo fã de pimenta) e para encerar, a sobremesa estava muito boa (vou tentar fazer esse "sanduiche crocante de chocolate branco"). O charme da sobremesa era o prato quente, total conforte food! Outro ponto importante é a quantidade de comida em cada prato, eram servidos educadamente, mas nada de passar fome (como vi no outro restaurante que fui no mesmo evento)!

Ainda dá tempo de participar do Restaurante Week Salvador, o evento vai até domingo!

quarta-feira, agosto 22, 2012

O blog é meu, né? Então vamos desabafar...

Hoje decidi parar de fazer bolo (por ironia do destino estou fazendo um hoje), só vou entregar os que já tinham sido encomendados e pronto, bolo só para o aniversário da minha mãe, do meu filho, para comer com café e nada mais! 

Não foi uma decisão fácil, muito menos repentina, venho pensando nisso faz tempo! Não tenho tido tempo para nada, principalmente depois que comecei a trabalhar em 2 lugares, passo o meu tempo livre  de quinta a sábado fazendo os bolos, recheios, decorando, entregando... Tem me sobrado pouquíssimo tempo para a minha família e amigos, durmo pouco, o lucro não é lá uma Coca-Cola, tenho problema com cliente (que não devolve a bandeja, que esqueceu de transferir a grana, que não sabe o modelo do bolo que quer faltando 3 dias para a festa), sem falar na tendinite que me leva a acupuntura (que me leva uma grana) e apesar da imensa satisfação ao ver o bolo pronto, não vale a pena!

O coração está apertado, sofrido, mas na vida a gente precisa fazer escolhas, e é isso! 

Alguns dos meus preferidos:






sexta-feira, agosto 17, 2012

Doce de Leite - panela de pressão

O que eu mais tenho feito nos últimos tempos? Bolo! Então vamos falar de bolo, mais especificamente do  recheio do bolo, recheio de doce de leite feito em casa, simples rápido e limpo!

Deve ter gente achando uma audácia eu querer ensinar a fazer doce de leite na panela de pressão, mas não sei se vocês lembram, eu tinha pavor de panela de pressão e nunca tinha feito doce de leite assim antes. Admito que fiquei maravilhada e agora sempre uso essa receita para os recheios dos meus bolos (quando o cliente pede doce de leite, claro)! A consistência é muito boa e o sabor também, parece um caramelo!







O caso é o seguinte, lave as latas de leite condensado e retire o rótulo de papel (no caso de ter rótulo), ponha as latas  dentro da panela de pressão, caso use mais de uma, envolva as latas com um pano de prato, para que elas não fiquem batendo durante o cozimento (ou cocção). Cubra com água até 1 ou 2 dedos acima das latas. Tampe bem a panela e leve ao fogo alto até começar a chiar. Diminua o fogo, deixe cozinhar por mais 20 minutos. Desligue o fogo e mantenha na pressão por mais 5 minutos! Retire a pressão da panela (sem abrir a panela, PELO AMOR DE DEUS), só depois abra, deixe as latas esfriarem totalmente antes de abrir (nada de pressa)!

Use o doce de leite para rechear bolos, rocombole, comer com queijo, sorvete...

quarta-feira, agosto 01, 2012

Molho de Damasco e Cardamomo - Estou de volta!

Tem alguém ai? Se não tiver eu entendo, a final foram tantos meses longe daqui que todo mundo deve ter se escafedido (adoro essa palavra)! A verdade é que eu andava roxa de saudade desse blog, mas infelizmente minha vida não me permitia voltar (na verdade ainda não me permite, mas decidi enfrentar mais uma dificuldade e voltar)!

Tanta coisa aconteceu de lá para cá, acho mais fácil colocar em tópicos:

  • Fiz mais de uma dúzia de bolos decorados com pasta americana
  • Chico fez 1 ano, tem 6 dentes, ainda não anda, mas sobe e desce do sofá, e continua impossível
  • Arrumei uma pessoa para me ajudar com as tarefas de casa, enquanto a babá se dedica ao pequeno (parece luxo, mas não é)
  • Fui chamada em um concurso que fiz em 2008, agora sou oficialmente funcionária do Estado da Bahia (sim, isso é ótimo, estabilidade no emprego é quase tão bom quanto comprar a casa própria)
  • Agora trabalho os dois turnos, saio 6:30 da manhã e retorno 17:30, por conta disso preciso do luxo de 2 funcionárias, por conta disso não conseguirei fazer bolos de encomenda, por conta disso vou começar a dormir com as galinhas, por conta disso (e de outras coisas) decidi voltar a escrever no blog...
Então vamos aproveitar o pouco tempo e ir ao ponto principal a receita! Para começar não é uma "receita", é uma idéia, dica, sugestão, sei lá! O que ocorre é que a secretária numero 2 cozinha mal horrores, o marido está sofrido (outro dia decidiu almoçar na rua, disse que não comeria "aquela" lasanha nem a pau). Como não tenho tempo de cozinhar,  só me resta dar uma incrementada no que ela prepara, e assim fiz!

Olha a carinha de sofrida do frango

Ela preparou um espetinho de frango tão seco que doía (ainda fez farofa para acompanhar, aff), para amenizar as coisas decidi fazer um molhinho de geléia de damasco, ou a que tiver na geladeira e gostar, com cardamomo e  pimenta cayena.

Fiz o seguinte, levei ao fogo 2 colheres de sopa de geléia + 2 colheres de sopa de água + 2 damascos secos picados (opcional) + 2 favas de cardamomo (abri a fava e macerei o conteúdo) 

domingo, maio 13, 2012

É falta de tempo mesmo!

Da minha cozinha só tem saído bolo ultimamente, mal tenho tempo de me coçar, muito menos de cozinhar, não estou dizendo com isso que esse blog subiu no telhado, pelo menos por enquanto eu continuo por aqui firme e forte! Na verdade, verdadeira, estava mesmo era precisando de uma mão para me ajudar a levar o blog a diante!

O motivo da falta de tempo:


A data que o Bahia (Bora Baêa...) ganhou o campeonato Baiano!

Para um doce Dia das Mães

segunda-feira, abril 30, 2012

Salada de Feijão Branco

Hoje é feriado, porque segunda-feira véspera de feriado é feriado, né? Felizmente não trabalho, digo, oficialmente, porque trabalhar eu trabalho todo dia, Francisco não me dá folga nunca, ainda mais que está engatinhando tudo, aprendeu a subir escada, ganhou 2 dentes... Uma gostosura! Aproveitei o dia (e a babá em casa) para colocar algumas coisas em dia, inclusive cozinhar!

Essa receita é para não dizer que eu só posto comidas que engordam, essa saladinha de feijão é super completa, fácil de fazer e uma delícia!


Receita:
  • 250g de feijão branco
  • 1 cebola pequena cortada em cubinhos bem pequenos
  • 1 tomate grande ou 2 pequenos, sem sementes e cortados em cubos
  • 1/2 pimentão (verde + vermelho + amarelo) cortado em cubos bem pequenos (eu não gosto de pimentão, mas a galera aqui em casa adora)
  • salsa a gosto
  • vinagre
  • azeite de oliva
  • sal
Deixe os feijões de molho por aproximadamente 3 horas, troque a água e leve para cozinhar até que fiquem macios (no caso de uma panela comum isso quer dizer mais de 1 hora no fogo)!
Em um bowl misture os feijões + cebola + tomate + pimetões + salsa, tempere com sal + pimenta + vinagre + azeite e está pronto! 

domingo, abril 22, 2012

Bolos, bolos e mais bolos

Acho que agora entrei definitivamente no mundo dos bolos decorados / confeitados / personalizados (tudo junto)! Nas últimas semanas estive atolada em açúcar impalpável, corantes, essências e pasta americana, me faltou tempo até para respirar, mas o resultado compensou!

Esse Palhaço foi a minha segunda encomenda e um grande desafio, quebrei a cabeça pensando como faria esse cabelo, como recortar o bolo no formato do rosto, como segurar o chapéu. Aff, esse chapéu foi um drama, estava tão tensa que levantei a madrugada toda para ver se ele tinha despencado, mas graças a Nossa Senhora do Armengue, ele se manteve em pé até o fim da festa!

O bolo do palhaço foi inspirado nesse aqui, da Cake Design Karina Kruschewsky!


Decidi que até o aniversário de 1 ano de Francisco vou fazer um bolo todo mês, é uma oportunidade de testar novos recheios, massas, tirar umas dúvidas, treinar com a pasta americana, além de reunir a família e usá-la como cobaia para os meus experimentos!

Para comemorar os 9 meses escolhi um bolo da Galinha Pintadinha. Essa galinha é minha melhor amiga atualmente (só empata com a babá, que anda um doce de coco), é botar o DVD da turma da pintadinha que ele fica hipnotizado, o cansaço some, o choro vai embora, uma beleza! 

Não tinha um modelo em mente, só tinha modelado a galinha pela manha, no mais fui fazendo, fazendo e saiu assim! Na verdade eu estava muito cansada, já era tarde da noite, apesar do carinho em fazer um bolo para ele, a inspiração foi sumindo a medida que o sono foi aumentando!


Não adianta ser bonito e não ser gostoso! Esse era bolo branco com recheio de abacaxi e doce de leite!


E o Nemo? Não posso dizer que é um Nemo, é um peixe palhaço, tipo o Nemo!




Adorei fazer esse bolo para o aniversário na escola do filho de uma amiga, o pedido foi assim: "queremos um bolo pequeno do Nemo", pronto. Fiquei livre para criar o que quisesse, nenhuma pressão, nenhum bolo para "copiar", assim é fácil ser feliz!

Por falar em copiar bolo, esses dias disse para uma provável cliente (estou muito metida, agora tenho clientes), não tem como fazer um bolo igual ao de ninguém, nem mesmo igual a um que eu tenha feito anteriormente. Cada bolo é único, personalizado, artesanal, nenhum é igual ao outro. Claro que dá para pegar alguma imagem para ter uma idéia, se inspirar ou mostrar o que você quer, mas igual não rola.

Sem contar que a  cliente, quer um bolo super hiper mega power maravilhoso de uma Cake Designer dos meus sonhos e eu não faço a menor idéia se consigo chegar no chinelo dela (estou com um mega frio na barriga)! Se der tudo certo (ou não) eu volto para mostrar o bolo!

Ah, e juro que não vou virar a chata dos bolos, tá? É que estou empolgada no momento!

segunda-feira, abril 16, 2012

Crostata de Limão

Essa é a sobremesa mais fácil de todos os tempos, chega a ser sacanagem (pode falar sacanagem, né?) eu querer ensinar isso para alguém! É tão "não receita" que em breve Francisco vai fazer para o almoço de domingo na casa da minha sogra. Mas acredite se quiser, aprendi com uma amiga que trabalhava em um restaurante super conceituado, eles faziam essa sobremesa lá e bombava!


"Receita":
  • 1 pacote de bolacha Maizena
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite (não tinha no original, mas acrescentei para quebrar o doce)
  • suco de 1 ou 2 limões siscilianos, a gosto (pode ser limão taiti também)
  • Raspas de limão para decorar
Triture o biscoito maizena, formando uma farofinha, reserve! Misture o leite condensado, o creme de leite e o suco de limão, reserve!

Forre o fundo de um potinho ou tacinha com um pouco da farofinha de biscoito, ponha o creme de limão em cima e decore com as raspas de limão, leve a geladeira até a hora de servir! Só isso, mas fica delícia!

sábado, abril 07, 2012

Bacalhau Gratinado

Estamos na semana santa, então vamos no bom e velho bacalhau, esse eu fiz outro dia, quando minha mãe veio fazer minha horta e acabou ficando para almoçar! No meio da correria da papinha de Chico, me arrumar para o trabalho, fazer o almoço... Acabou saindo esse bacalhau, usando o que tinha em casa (só tinha 2 unidades de batata inglesa e 2 de batata doce) e um pouco de bacalhau salgado que vinha ibernando no fundo da geladeira! Na receita original só usava batata inglesa e creme de leite, que substitui por molho branco, no mais é tudo bem parecido!

De tão fácil, dá até para repetir para o almoço de amanhã!


Receita:
  • 400g de bacalhau seco/salgado
  • 2 batatas inglesas
  • 2 batatas doces (ou doce?)
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 400ml de leite
  • noz moscada 
  • sal 
  • 25g de parmesão ralado (meio pacotinho)
Não deixei o bacalhau de molho, só lavei com um pouco de água fria, não queria tirar todo o sal, mas para isso é preciso ter cuidado com a quantidade de sal dos outros ingredientes.
Descasquei, fatiei em rodelas e cozinhei as batatas, reservei.
Para o molho branco, derreti a manteiga, acrescentei a farinha de trigo, é preciso mexer para não deixar queimar, acrescente o leite e mexa até engrossar (cuidado para não empelotar*). Acerte no sal, acrescente noz moscada e está pronto.

Em um refratário, fiz uma cama de batatas, uma camada do bacalhau desfiado, joguei o molho branco por cima, polvilhei queijo parmesão e levei para gratinar!

*Se o molho empelotar, passe na peneira e pronto!

Rende 4 porções generosas!

domingo, abril 01, 2012

1/2 kg de Feijão e 2 Confissões

Antes de falar da receita, preciso fazer 2 confissões:

  1. Morro de medo de panela de pressão e nunca tinha usado uma até hoje!
  2. Nunca tinha feito feijão em toda a minha vida!
A questão com a panela de pressão é a seguinte, sempre ouvi "causos" de panela de pressão que explodiu, furou o teto, voltou e destruiu o fogão, algo do tipo. Acho que o barulho que ela faz também ajudava a me assustar, não tenho certeza, só sei que nem tinha panela de pressão em casa, comprei outro dia por pressão da minha empregada!

E o feijão? Bom, não é verdade que nunca tinha cozinhado feijão na vida,  já tinha cozinhado feijão em panela comum, para fazer chilli e só, mas nunca fiz feijão assim, tipo mini feijoada. O fato é que sempre tive alguém para fazer feijão para mim, inclusive deixar congelado nos potinhos, mas minha empregada saiu para ter bebê antes do previsto e me deixou com todos os ingredientes para o feijão.

Foi questão de honra! Como eu iria ficar 4 meses sem comer feijão só porque tinha medo de panela de pressão? Fui a luta e venci, venci meus medos e o feijão ficou bem gostosinho para uma principiante!




Agora que já confessei minhas fraquezas, podemos passar para a receita:

  • 1/2 kg de feijão preto (AMO feijão preto)
  • 1 liguiças calabresas cortadas em rodelas
  • 1 cebola grande picada
  • 4 dentes de alho picado ou amassado
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • sal a gosto

O primeiro passo é separar o feijão, porque no saco vem outras coisas que não são feijões, tipo isso:

tem milho, pedra...

Deixe o feijão de molho por aproximadamente 6 horas (fazer feijão dá trabalho, deve ser porisso que nunca tinha feito antes)!

Escorra o feijão (descarte a água em que ele estava de molho) e coloque na panela de pressão coberto com o dobro de água! Tampe a panela e leve ao fogo, quando começar a apitar, conte 45 minutos e desligue o fogo. Espere sair toda a pressão, ou parar de apitar, antes de tirar a tampa da panela para ver se o feijão está macio. Se preciso, volte o feijão para o fogo (não precisa ser na pressão) até que fique macio.

Enquanto isso, em uma outra panela ponha o azeite, a cebola picada, o alho e refogue, em seguida acrescente 1 concha de feijão, misture e despeje na panela onde está o restante do feijão. Acrescente a calabresa e deixe cozinhar um pouco com a panela destampada. Acerte o sal e pronto.

Rendeu 4 porções para 3 pessoas (aproximadamente, depende da fome de cada um)!

segunda-feira, março 26, 2012

Bolo oitavo mês de Chico (ou meu terceiro bolo de Pasta Americana)

Olha o bolo que fiz para o oitavo mês de Chico!


Até então, nunca tinha feito bolo para comemorar o mês antes do aniversário dela, dessa vez aproveitei a desculpa do oitavo mês para fazer esse bolo! A verdade é a seguinte, por conta do meu segundo bolo de pasta americana  recebi a encomenda de um bolo de palhaço, como eu nunca tinha feito um, aproveitei para fazer uma prévia e ver se daria certo (não poderia descobrir no dia de entregar o bolo que algo daria errado, né?)! Assim nasceu esse bolo, meio inacabado (vide o detalhe do chapéu), mas cumpriu a função de descobrir o que dá certo, o que deu errado, o que precisarei fazer com antecedência...

Para o bolo usei a mesma receita deste, substituindo 1/2 xícara de farinha de trigo por 1/2 xícara de chocolate em pó (Nescau mesmo), para o recheio usei (2x) essa receita de brigadeiro! Ficou muito bom, tão bom que arruinou minha dieta, enfiei o pé na jaca (ou a boca no bolo), por fim despachei o que sobrou dele para as magricelas do meu trabalho!




quarta-feira, março 21, 2012

Meu segundo bolo de Pasta Americana - Ninguém me segura

Depois das aventuras com o primeiro bolo de pasta americana, admito que tive receio ao aceitar o pedido de uma amiga para fazer o bolo do chá de fraldas da filha dela, principalmente porque não seria um presente, se tratava de uma encomenda! Por fim, deixei minha insegurança de lado e decidi aceitar o desafio!



A receita é super neutra e vai bem com qualquer recheio, tenho feito ela constantemente, para rechear usei 1 e 1/2 pote de geléia de damasco e 1 e 1/2 lata de doce de leite!

Receita:

  • 700g de farinha de trigo (6 xícaras)
  • 800g de açúcar (4 xícaras), (eu uso açúcar cristal, mas acho que na receita original era refinado!)
  • 200g de manteiga
  • 100g de margarina
  • 500ml de leite
  • 6 ovos grandes
  • 2 colheres de sopa de fermento
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
Peneire o açúcar, bata com a manteiga + margarina + ovos até fazer um creme volumoso! Acrescente a farinha de trigo (também peneirada) com o leite com a essência de baunilha, por último ponha o fermento, bata! 

Leve para assar em forno pré aquecido (180 graus), o tempo depende do tamanho da forma, eu usei uma forma de 25cm de diâmetro e 10cm de altura (demorou bastante para assar, mais de 1 hora). Essa receita dá para um forma de 40cm de diâmetro e 5cm de altura! 

Vamos ao pulo do gato:
  1. Não precisa untar a forma, é só forrar com papel manteiga, inclusive as laterais. Faça uma faixa de papel manteiga e envolva a lateral, corte um outro pedaço do tamanho do fundo e forre a forma! O bolo desenforma super fácil e não quebra.
  2. Não fatie o bolo para rechear no mesmo dia, espere de um dia para o outro, assim ele fica mais compacto (esfarela menos).
  3. De preferência, recheie ele na mesma forma que assou. Forre a forma com um plástico e vá colocando uma camada de bolo, recheio, bolo, recheio, bolo. Envolva com o plástico, ponha algum peso sobre o bolo e deixe descansar (ou tomar forma) por algumas horas. Assim seu bolo vai ficar em um formato mais regular, o que facilita o trabalho com a pasta americana e diminui o aparecimento de imperfeições.
Assim que me lembrar de mais truques eu divido com vocês!



segunda-feira, março 19, 2012

Atualizando...

Percebi que só venho conseguindo postar 1x por semana, em geral segunda-feira, mas hoje nem isso vai rolar, a correria não me permite organizar receita, foto.... Então só para não deixar a segunda passar em branco, vamos lá!

Minha cozinha, bagunçada e funcional!

A semana começou a mil por hora, coloco Francisco para tirar um cochilinho, corro para fazer o almoço (um frango assado super molhadinho), bato um bolo para comemorar amanhã o oitavo mês dele, pago umas contas na internet, lavo a louça, molho a horta... Já é quase hora de ir trabalhar!

Essa semana posto a foto do bolo dele (espero que dê certo) e em breve a receita do frango, do meu primeiro feijão, do meu segundo bolo de pasta americana, de uma sobremesa super fácil... Tenho feito muita coisa na cozinha, só falta tempo para organizar na minha cabeça e no meu computador!

Bom início de semana para todos!

domingo, março 11, 2012

Pesto de Manjericão

Estou vivendo uma fase "pesto de manjericão"!

Como assim?

Eu explico! Eu amo pesto, sempre que vejo um maço de manjericão penso o quanto posso ser feliz com um belo pesto, e vou logo comprando o tal do manjericão. O que acontece é que a vida me atropela, eu acabo sem tempo de usar o manjericão e ele finda na lata de lixo (uma pena)!


Aha! Mas isso não mais aconteceu, desde que minha amiga Marcia (cozinheira profissional) me disse displicentemente  que costuma ter sempre um pesto pronto na geladeira. Como assim (2)? Assim, ela compra o mesmo maço que eu compro, lava, separa folha por folha e bate no liquidificador, processador, mix (...) com azeite de oliva extra virgem mega ultra power de qualidade, põe em um potinho de vidro com tampa (ferve o pote antes), cobre com um pouco mais de azeite e guarda na geladeira!

com parmesão e Castanha do Pará

Se quiser, na hora de usar tempera com sal, parmesão ralado, alho, alguma castanha moída (castanha do pará, nozes sem casca, pinole...)! Assim eu tenho pesto verdinho e gostoso todo dia, e nunca mais meu manjericão vai para o lixo!

terça-feira, março 06, 2012

Pizza

Minha vida está menos caótica, a babá está entrando no eixo, Francisco precisou ser desmamado (uma pena, mas tive mastite e não teve jeito) o que foi uma dor de cabeça por alguns dias, depois tudo se acalmou, inclusive o sono dele melhorou ("para quê acordar se mamãe não vai me dar peito, né?")!  Eu continuo me dividindo entre a casa, o meu trabalho e os cuidados com o pequeno, mas acho que desencanei um pouco (se dá para fazer tudo, ok! Caso contrário, faço no dia seguinte)!

E a pizza com isso? Essa pizza só foi possível porque despachei o marido e o filhote para a casa da sogra no domingo (no bom sentido, não sou uma mãe desalmada que se livra do seu bebê de 7 meses, certo?). O passeio não durou mais que 4 horinhas, mas para mim foi tempo suficiente de almoçar, tomar banho, tirar um cochilo e morrer de saudade, porque 4 horas livre é tempo de mais (vai me entender...)!

Como de noite eu estava bem descansada, decidi fazer um mimo para o marido, PIZZA!



Já tinha feito essa receita antes e tinha gostado, mas achei que precisava de um ajuste aqui e ali! Feitos os ajustes, segue a receita:
  • 200 ml de água morna (que dê para colocar o dedo na água, se for muito quente "mata" o fermento)
  • 1 envelope de fermento biologico para pão
  • 1 colher (rasa) de café de sal
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1 colher de chá de azeite de oliva
  • farinha de trigo suficiente para desgrudar a massa das mãos (+ ou - 300g)
Em uma vasilha grande, misture a água + fermento + açúcar, deixe descansar por 5 minutos! Acrescente a farinha de trigo e  sal, sove a massa até ficar homogênea (aproximadamente uns 5 minutos), deixe a massa descansar por 1 hora em um recipiente coberto com um pano (costumo deixar no forno desligado)! A massa precisa dobrar de volume!

Em uma bancada enfarinhada, abra a massa com um rolo (abri bem fininha, mas fica ao gosto do freguês), ponha em uma assadeira e leve ao forno (180 graus) para pré assar por aproximadamente 10 minutos!

Em seguida acrescente o molho de tomate e o recheio de sua preferência e volte ao forno para assar um pouco mais, ou até o queijo derreter! 

Aqui em casa fiz marguerita, gorgonzola, presunto e alho, e doce deleite com banana e canela!

Como fiz a massa bem fininha, rendeu 2 pizzas de 40x20!

sábado, fevereiro 25, 2012

Berinjela Recheada

O meu sumiço não é por fala de conteúdo para o blog, na verdade tenho cozinhado bastante, o meu sumiço se deve a uma série de fatores que se resume ao fato de que sou uma mãe que trabalha fora de casa e precisa contar com uma babá para cuidar do pequeno enquanto estou fora!

Um breve resumo, minha antiga babá saiu antes do previsto para ter bebê (sim, ela estava grávida e deixou minha via de pernas para o ar), felizmente consegui uma babá nova (super de confiança, foi babá do meu sobrinho), mas essa sumiu durante todo o carnaval e só voltou na quarta de cinzas com uma desculpa bem esfarrapada (como eu não tinha escolha, tive que fingir que acreditava)!

Mais um detalhe, Francisco dorme super pouco de dia e ainda não dorme a noite toda (será que um dia isso vai acontecer?), acorda umas 2 ou 3 vezes, me deixando um zumbi de dia! 

Minha rotina se resume a cuidar da casa de manhã (enquanto a babá cuida dele, ou vice-versa), trabalhar de tarde, cuidar do pequeno quando volto do trabalho até a hora dele dormir, preparar o jantar e o almoço do dia seguinte depois que ele dorme, e fazer coisas básicas tipo tomar banho,né? Eu diria que tenho trabalhado em média 17 horas por dia, dormido no máximo 3 horas consecutivas, é isso!

Sobra pouco tempo para escrever no blog, ir no salão, almoçar com as amigas, emagrecer os últimos quilos da gravidez...



Chega de chorar minhas pitangas, vamos para as berinjelas que ficaram deliciosas, fiz para um jantar leve depois de um dia pesado (olha a reclamação de novo)!

Receita:
  • 3 berinjelas
  • 1 tomate grande sem semente e cortado em cubos
  • 1 pedaço de alho poró (10 cm mais ou menos) ou 1 cebola em cubos
  • 2 colheres de sopa de manjericão 
  • 1/2 xícara de tomate seco picado (opcional)
  • 1 xícara de queijo minas padrão ou meia cura picado (pode ser mussarela ou outro queijo)
  • 1 colher de chá de azeite
  • queijo parmesão ralado para polvilhar
  • sal e pimenta do reino a gosto
Parta as berinjelas ao meio, cave a berinjela retirando parte da polpa e  deixando um espaço para receber o recheio! Pique a polpa e reserve !

Em uma panela com um fio de azeite, refogue a cebola e o alho poró,  acrescente a polpa da berinjela e deixe cozinhar por 5 minutos! Adicione os tomates (seco e fresco), o manjericão, o queijo e desligue o fogo! Tempere com sal e pimenta do reino a gosto!

Tempere as "canoas" de berinjela com sal e pimenta do reino a gosto, recheie com o refogado, polvilhe queijo parmesão e leve ao forno pré aquecido (180 graus) para gratinar!

Um pãozinho e um bom azeite de oliva caem muito bem como acompanhamentopara acompanhar

A receita veio do Blog/Site Panelinha e fiz algumas adaptações!

segunda-feira, fevereiro 13, 2012

Brownie de Microondas - Versão Individual

Já tinha comido um brownie de microondas antes, mas não rolou sentimento entre a gente, me deu a sensação de que dava para quebrar o galho em um momento de desespero!



Hoje eu estava em um desses momentos de desespero, precisando de um docinho, com a dispensa vazia, lembrei do tal brownie salvador... Mas quem disse que eu lembrava da receita?  Sai em busca de uma receita e é claro que fiz modificações, de cara já tinha percebido que não daria certo!

Assim saiu esse humilde brownie, que não ficou cru, que estava "puxento" como um brownie deve ser, mesmo não sendo o melhor brownie dos últimos tempos, faz as vezes de confort (fast) food!

Receita para 1 xícara de 200ml:
  • 4 colheres de sopa (não muito cheias) de farinha de trigo
  • 4 colheres (não muito cheias) de açúcar (se for mascavo melhor ainda)
  • 2 colheres (cheias) de chocolate em pó
  • 1 colher de sopa de manteiga derretida
  • 4 colheres de sopa de leite
  • 2 unidades de castanha do pará, nozes, amendoas, chocolate picado...
Misture os ingredientes, despeje em uma xícara e leve ao microondas por 2 minutos*, 1 minutos, depois mais 1 minuto! Pronto!

Eu nem esperei esfriar, comi morno!

*isso vale para uma xícara de 200ml, caso decida dividir essa receita em 2 porções, leve ao microondas por 1 minutos apenas, se não vai ficar seco!




segunda-feira, fevereiro 06, 2012

Muffin Salgado de Cenoura

Ideal para um lanchinho fim de tarde!




Receita:
  • 4 ovos
  • 2 colheres de sopa de manteiga (bem cheias e em temperatura ambiente)
  • 1 cenoura ralada ou picada
  • 1 xícara de leite
  • 1 tablete de caldo de legumes 
  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 15 cubinhos de queijo mussarela, provolone ou outro de sua preferência (só não use queijo prato, fica borrachudo quando esquenta)
Bata no liquidificador os ovos, a manteiga, a cenoura, o leite e o tablete de caldo de legumes, até ficar homogêneo! Despeje a mistura em uma vasilha e acrescente a farinha de trigo e o fermento!

Ponha a massa em forminhas para muffin (ou empada) untada com manteiga e farinha de trigo, aproximadamente 1/3 da forma,  um quadradinho de queijo e cubra com um pouquinho de massa!

Se fizer para criança substitua o tablete de caldo de legumes por uma pitadinha de sal, criança não merece comer tanto sódio, na verdade ninguém deveria comer tanto sódio. Outra opção é trocar o tal do tabletinho por temperos frescos, salsinha, coentro, orégano...

Ah, acho que deve ficar muito bom com gorgonzola, mas essa substituição é para adulto!

domingo, janeiro 29, 2012

Como preparar bolos perfeitos!

Quando vi essas dicas no Portal Casamenteiras me senti na obrigação de dividir com vocês! Selecionei as que achei mais bacanas, mas no link vocês encontram todas as 16 dicas! Como não resisto, vou dar alguns pitacos ao lado de cada dica!


Na foto: Bolo de Melaço

Dicas:

  • Use sempre produtos de boa qualidade. Eles fazem toda diferença no seu bolo.
  • Quando for usar farinha, peneire antes de usar. Não é somente para retirar resíduos, mas também para aerar a farinha e fazer com que o bolo cresça melhor.
  • Manteiga não é margarina. Use sempre manteiga, até para untar a forma.  
  • Use os ovos sempre em temperatura ambiente. Quebre um a um antes de colocar na massa, assim você se certifica que eles não estão ruins.
  • Se a receita pedir claras em neve, acrescente-a levemente ao bolo, sua função será de aerar e dar leveza ao bolo.
  • Fermento em pó: fique sempre atenta ao prazo de validade. Geralmente o fermento é o último ingrediente que você vai adicionar à massa. Sempre incorpore lentamente. (É bom peneirar o fermento, ninguém merece mastigar uma bola de fermento no meio do bolo, né?)
  • Quando a receita pedir cacau em pó não troque pelo achocolatado. Você terá um bolo diferente! (Achocolatado tem açúcar, com isso seu bolo vai ficar bem mais doce)
  • Forma do bolo: cada receita pede um tamanho de forma. Fique sempre atenta ao escolher a sua, verifique a quantidade de ingredientes. Não deixe a massa alcançar o topo da forma, já que seu bolo irá crescer e as chances dele vazar são grandes.
  • Acenda o forno antes de começar a fazer a massa do bolo. O forno sempre deverá ser pré-aquecido (pelo menos 10 minutinhos antes)
  • Depois de colocar o bolo no forno, não abra a portinha por pelo menos 15 minutos, pois o ar mais frio pode fazer com que o bolo não cresça como deveria. (Assim você vai ter o famoso bolo solado!)
  • Fique atenta à temperatura e ao tempo de cozimento indicado para que seu bolo cozinhe por dentro e fique douradinho na parte de cima. Se o forno estiver quente demais, a massa pode ficar crua por dentro. (Em forno muito alto, a massa pode borbulhar e transbordar da forma)
  • Para saber se o bolo está pronto, faça o teste do palito. Ele deverá sair sequinho. (O bom e velho testo do palito, Adoro!)
  • Se você achar que o bolo está muito corado e a massa ainda muito líquida, faça o seguinte: cubra a forma com papel alumínio e aguarde mais alguns minutos, faça o teste o palito depois de alguns minutos. (Essa não conhecia e amei)
  • E na hora de desenformar, segure a ansiedade e espere o bolo esfriar. (Nunca consigo colocar em prática essa dica, hehe!)

terça-feira, janeiro 24, 2012

Papinha de Pêra

Que esse blog não é sobre bebês todo mundo já sabe, mas desde que Chico começou a comer, a minha vida na cozinha tem girado em torno de papinhas, com isso, decidi compartilhar uma das mais gostosas que fiz ultimamente!





























Só mais uma coisinha, estou cheia de orgulho do meu pequeno, ele não recusou nenhuma das papinhas que experimentou até o momento, já as frutas, ele só não é fã de suco de laranja, mas de resto traça tudo, manga, banana, melancia, tangerina...

Receita:

  • 2 pêras portuguesas (aquelas perinhas pequenas, que inclusive são ótimas para raspar e dar para o bebê, por serem mais firmes
  • 1 colher de chá de farinha de aveia (nem todo pediatra introduz aveia logo no início)
Parta as pêras ao meio, retire as sementes e cozinhe em um cuscuzeiro (ou no vapor) até que elas fiquem bem macias, em seguida passe na peneira, acrescente a aveia e deixe esfriar.

Ele não deixou nem um pouquinho no prato para mim!

Rende 1 porção

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Filé Suino com Geléia de Damasco

Finalmente de volta! E para comemorar, vou postar o prato principal da minha ceia de Ano Novo, esquema bom, bonito e fácil!



Receita:
  • 4 medalhões de filé mingnon suino
  • 4 fatias de bacon
  • mostarda Dijon (de preferência, né?)
  • geléia de damasco
  • sal e pimenta do reino a gosto
Tempere os medalhões com pimenta do reino, sal e mostarda, os envolva com as fatias de bacon e leve ao forno médio (180 graus) até dourar, aproximadamente 30 minutos!

Esquente a geléia de damasco e distribua sobre os medalhões!

Servi com Cuscus Marroquino!

Bom, para começar é isso!

domingo, janeiro 08, 2012

Eu volto, juro que volto!

Não, eu não desisti do blog, eu só estou um pouquinho enrolada (no xale da doida, como diria minha mãe) com a mudança de casa, o retorno ao trabalho, a busca por uma nova babá para Chico, a falta de internet, ao mar de caixas para arrumar...

A casa ainda precisa de alguns (muitos) ajustes para ficar como eu quero, mas posso adiantar que minha cozinha é linda, super funcional, arejada... Estou amando, espero Chico dormir e corro para lá!






















Como não sei onde está o cabo da câmera (entre outras coisas), não consigo postar uma foto da minha cozinha, só dá para mostrar o projeto feito pelo arquiteto, mas garanto que a real é muito melhor!

Espero voltar por aqui o quanto antes!