quinta-feira, junho 30, 2011

Pão com Presunto (tipo) Parma

Francisco continua quentinho e seguro na minha barriga, enquanto eu estou bem cansada, qualquer saidinha de casa já me deixa exausta, dormir não é mais tão prazeroso como antes (não tem posição confortável) e o tempo parece que não passa (acho que é a ansiedade de ver a carinha dele)! 

É dentro desse contexto que surgiu esse pão. Eu queria comer pão, mas estava morta de preguiça de sair para comprar, pensar em colocar uma roupa me dá calafrios (atualmente poucas roupas andam cabendo em mim, bermuda e short nem pensar), descer e andar até uma padaria completa o caos. Mas apesar de toda a preguiça, arregacei as mangas e fui para a cozinha fazer um pãozinho caseiro para o café.

Precisava de uma recita fácil e já testada, não queria correr riscos, queria era comer pão!


Não pincelei o pão com ovo e ele ficou branquelinho!




Receita:
  • 1 sachê (10g) de fermento biológico para pão 
  • 1 copo de leite morno 
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar 
  • 1/2 xícara de óleo 
  • 1 ovo
  • 500g de farinha de trigo (+ ou -)
  • 100g de presunto tipo Parma
  • 1 ovo batido para pincelar (recomendo)
  • gergelim para decorar (opcional)

Fiz uma misturinha com o fermento + açúcar + 1/3 do leite + um pouco de farinha de trigo, para o fermento começar a agir e, deixei descansar por 5 minutos.

Adicionei a essa mistura, o ovo + óleo + o restante do leite  morno + sal, em seguida acrescentei farinha de trigo até soltar das mãos. Deixei a massa descansar por 30 minutos, em uma vasilha coberta com um pano!

Dividi a massa em duas, pois queria dois pães de tamanho médio, acho que assa melhor! Abri a massa com as mãos, de forma irregular e espalhei o metade do presunto em lascas sobre metade da massa. Fechei como um rocombole e deixei descansar em uma assadeira, coberto por um pano, por mais 20 minutos. Levei ao forno pré aquecido a 180 graus por 20 minutos ou até corar em cima e dourar em baixo do pão!

Apesar do presunto de Parma ser bem salgadinho, o sabor ficou agradável, o mais importante foi que matei minha vontade e garanti pão para mais uns 2 dias!

Rende 2 unidades de + ou - 30 cm!

segunda-feira, junho 27, 2011

Delícia de Abacaxi - Boas Lembranças

Essa sobremesa tem gostinho de infância, minha tia Milza (minha tia avó, mais avó que tia) costumava fazer para mim! Só tenho boas lembranças dela, do suco de laranja com cenoura e beterraba (que só ela conseguia me fazer tomar para "combater" minha anemia), seu bife acebolado com batatas (que ninguém nunca conseguiu fazer igual), da ambrosia amarelinha (que nenhum de nós aprendeu a fazer), a frigideira de siri catado, o bolo de baunilha (um bolinho simples, mas com sabor único)... Ela sempre foi uma cozinheira de mão cheia, com muita simplicidade e muito amor! 

Fora da cozinha, lembro de um dia em que eu estava com dor de ouvido e ela passou a noite inteira do meu lado, esquentando um paninho no ferro para colocar no meu ouvido. Não sei ao certo o objetivo do paninho quente, mas nunca esqueci dessa cena de carinho! Sem dúvida ela me ajudaria bastante com a chegada de Francisco!



Voltando a Delícia de Abacaxi, apesar de ter 3 camadas, é bem rápido e fácil de fazer!

Doce de Abacaxi:
  • 1 abacaxi grande (ou 1 e 1/2) picado
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de água
Faça uma calda com o açúcar e a água (só deixar o açúcar derreter), acrescente o abacaxi e deixe cozinhar por 20 minutos. Reserve!

Creme:
  • 3 xícaras de leite
  • 1 xícara de açúcar
  • 3 gemas
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de amido de milho
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • uma pitada de sal
Junte todos os ingredientes, leve ao fogo até virar um creme consistente. Reserve!

Cobertura:
  • 3 claras
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 1 lata de creme de leite sem soro (ou 1 caixinha)
Como não devemos comer ovo cru, ponha as claras em banho maria por 3 minutinhos, sempre mexendo. Bata as claras em neve (pode ser quente mesmo), adicione o açúcar e por fim o creme de leite!

Montagem:
Em um refratário ponha o doce de abacaxi, o creme e por último a cobertura! Leve ao congelador e tire uns 10 minutos antes de servir!

Uma idéia é usar taças para porções individuais!

terça-feira, junho 21, 2011

Bolo de Aipim

Sempre achei que fazer bolo de aipim fosse o fim do mundo, até me bater com essa receita de liquidificador e entender que é possível fazer um bolo gostoso, sem aquela trabalheira e principalmente sem sujeira. Claro que o bolo feito com o aipim ralado, com coco fresco ralado, com leite de coco feito em casa é um luxo, mas não combina comigo, muito menos com esse blog.



Eu acredito que se posso comprar aipim descascado (no mercado vende em saquinho, pronto para cozinhar, assar...), coco ralado (não me imagino quebrando casca de coco e ralando junto com dedo, no caso, meus dedos), leite de coco de garrafinha (porque para fazer o leite de coco eu preciso ralar o coco, nem rola)... Não vou levar 4 horas preparando um bolo que posso fazer em 20 minutos, né?

A idéia do blog é atender as necessidades de quem trabalha, cuida da casa, da família (pode ser família felina e canina também) e ainda se aventura na cozinha. Não tenho pretensão de ensinar "alta gastronomia" (inclusive porque nem sei, hehe), aqui só aparecem receitas possíveis!

Receita:

  • 1 kg de aipim descascado e picado 
  • 200ml de leite de coco
  • 200ml de leite
  • 1 colher cheia de manteiga
  •  2 xícaras de Açúcar
  •  3 ovos
  • 50 g de coco ralado
  •  1 colher de chá de sal


Abra o aipim ao meio e tire uma fibra que fica dentro, em seguida pique o aipim para facilitar na hora de bater. Bata tudo no liquidificador, leve no forno pré aquecido a 180 graus, por 45 minutos na assadeira de pudim ou aproximadamente 30 minutos caso use uma forma baixa! 

Particularmente eu prefiro forma de bolo comum (pode ser quadrada, retangular ou redonda), acho que o bolo assa melhor e fica uma douradinho, uma delícia! Também gosto de cortar em quadradinhos, fica um charme na hora de servir!

Como estava com minha ajudante no dia desse bolo, ao dar as costas, ela colocou na forma de pudim, ai já foi!

É bom untar a forma com manteiga, é que apesar da gordura do leite de coco e do coco ralado, o bolo leva pouca manteiga!

sexta-feira, junho 17, 2011

Risotto de Calabresa

Sempre tenho calabresa defumada no congelador, acho que ela pode ser um curinga no preparo de alguns pratos, como no caso desse risotto! Foi bem esquema improviso mesmo, a calabresa estava no congelador, tinha meia garrafa de vinho tinto na geladeira, alecrim no armário... E risotto super combina com esse tempo friozinho, né?

A foto foi tirada de noite e está bem ruim, mas o sabor estava ótimo!

Receita:
  • 1 xícara de arroz arbóreo
  • 1 calabresa defumada fatiada ou picada (tire a pele)
  • ½ taça de vinho tinto
  • 500ml de caldo de carne (usei um cubinho de caldo de picanha diluído em 500ml de água)
  • ½ cebola picada em cubinhos
  • um pedaço de alho poró (uns 2 dedinhos, mas se não tiver usa 1 dente de alho picadinho)
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de chá de alecrim (usei seco, mas pode ser fresco)
  • 1 colher de chá de azeite de oliva



Em uma panela grande acrescente o azeite, doure a cebola e o alho poró, em seguida, frite o arroz! Adicione a calabresa e o vinho tinto! Quando o vinho for absorvido pelo arroz acrescente uma concha de caldo, abaixe o fogo, e vá adicionando caldo sempre que o arroz estiver secando, mexendo levemente. Levará em média 15 minutos.

Por fim, desligue o fogo e incorpore a manteiga,  deixe descansar por 2 minutos e sirva na hora!

Essa receita é o ideal para 2 pessoas famintas (tipo uma grávida e seu marido morto de fome) ou 3 pessoas educadas!


domingo, junho 12, 2011

Cookies que "nem a Avó fazia"

Era tarde da noite e eu precisava de algo que me trouxesse um pouco de conforto, nada melhor que um biscoito feito em casa, quentinho, saindo do forno! Não foi tão de improviso assim, a verdade é que estava mal intencionada, já tinha pego a receita do blog de Luanda, o nem a Vó fazia (por isso dei esse nome ao cookie)!


Quando vi que levava leite condensado fiquei bem apreensiva, pensei que fosse ficar muito doce, mas me enganei! O sabor ficou bastante agradável!


Não mudei nadica de nada dessa receita, segui o passo a passo direitinho (quer dizer... só um pouquinho)!

Receita:
  • 1 lata de leite condensado
  • 150g de manteiga sem sal (usei com sal)
  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
  • 200g de chocolate ao leite picado (usei gotas de chocolate meio amargo)
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 2 gemas
Bata a manteiga e o leite condensado até virar um creme, acrescente as gemas e a baunilha, continue batendo! Adicione os ingredientes secos (peneirados) e misture com uma colher, por último misture o chocolate!

Use duas colheres de sopa para fazer as bolinhas, deixando um espaço de 2 dedos de distância entre elas (é que eles se espalham)! Não precisa untar a assadeira!  Asse em forno pré aquecido (180 graus) até que o fundo do cookie fique dourado (aproximadamente uns 15 minutos, depende do tamanho do seu cookie).


No dia seguinte quando fui comer meus cookies não achei que eles estivessem igualmente crocantes como no dia anterior, então decidi coloca-los no forno pré aquecido por uns 10 minutinhos e deixei esfriar na grade! Hum, eles voltaram a ser crocantes novamente!

quarta-feira, junho 08, 2011

Bolo de Melaço com Especiarias

Pense em um bolo gostoso, multiplique por 2, o resultado é esse bolinho simples e fácil de fazer! Ele foi meu companheiro de café a manhã, lanche e café da noite até terminar, juntamente com um leitinho quente com canela (para me dar um alento nos primeiros dias de repouso em casa)! 

Como não podia colocar a mão na massa, abaixar para pegar vasilhas e ingredientes, fiz o seguinte:  mexi na receita, passei para a minha "ajudante" e fiquei sentadinha na cozinha observando enquanto ela preparava o bolo! E assim será até eu poder voltar a ativa!


Receita:
  • 2 ovos inteiros
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1/2 xícara de manteiga
  • 1 xícara de melaço de cana
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sopa (rasa) de gengibre em pó
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 xícara de água
  • 2 xícaras de farinha de trigo
A novidade é untar a forma com manteiga, farinha e açúcar e levar a geladeira! Ajuda a desenformar, mas também dá uma leve caramelizada no bolo! Usei uma forma de pudim com furo no meio, mas pode usar 2 formas de bolo inglês.

Bata os ovos com o açúcar até virar um creme branco. Junte o melaço e a manteiga, bata bastante até ficar homogêneo.Acrescente os ingredientes secos (peneirados) intercalando com a água. Asse em forno pré aquecido (180 graus) por mais ou menos 35 minutos.

O cheiro do melaço e das especiarias perfumam a casa enquanto o bolo assa, uma delícia!

Tirei a idéia da recita daqui !

domingo, junho 05, 2011

Presente x Futuro!

Como todos que acompanham o blog devem saber, estou no sétimo mês de gestação e Chico insiste em nascer antes da hora, o problema é que o meu Cisco (de gente) está pequenino e fracote para conhecer o nosso mundo agora. Resultado, passei do repouso em casa para o repouso no hospital (internação mesmo), só tenho permissão de sair da cama para ir ao banheiro!


Agora o pequeno está mais tranquilo, acho que entendeu que é melhor esperar mais um tempo dentro da minha barriga quentinha! Minha contribuição é continuar de repouso, quieta (Ai meu Deus!!!).

Fica claro que a minha restrição de liberdade chega até a minha cozinha, né? Então, como vou cozinhar e atualizar o blog?

Eu tenho alguns post não publicados (inacabados)  nos meus arquivos, além disso tenho tempo suficiente para fuçar na internet e nos meus livros idéias bacanas para dividir com vocês! 

O combinado é esse: Eu continuo por aqui enquanto ele está protegido na minha barriga, quando ele decidir sair... Não faço idéia de como vai ser! Mesmo assim será temporário!