domingo, maio 29, 2011

Promoção de Eletroportáteis

Queridos, a Privália está com uma série de produtos da Mondial com descontos ótimos! Como é o caso desse liquidificador com copo de vidro (ganhei um igualzinho no dia das mães, AMEI) que está de R$289 por R$145!



Finalmente vou ter meu multiprocessador e um espremedor de frutas para os sucos de Chico!


Sei que a Pivalia demora de entregar, mas o preço compensa! Mesmo com o frete, eu comprei os dois produtos pelo preço do multiprocessador, é como se o espremedor de frutas fosse brinde!

sexta-feira, maio 27, 2011

Filé com Molho de Pimenta do Reino Verde (ou Steak au Poivre)

Aprendi a fazer esse filé na aula de carnes da faculdade, na hora pensei no marido (ele é doido por pimenta do reino)! É uma receita fácil, gostosa e ainda impressiona o convidado (no meu caso, o marido)!

foto minha, filé conjunto!

Receita (minha versão):
  • 4 medalhões de filé mingon (com 2 dedos de altura cada)
  • 1/4 de cebola picada em cubinhos
  • 1 colher de sopa de pimenta do reino verde em conserva 
  • 1 colheres de sopa de pimenta do reino em grãos (seca)
  • 1 colher de sopa (rasa) de manteiga
  • 1 colher de chá de azeite de oliva
  • 1/4 de xícara de água
  • 1 colher de sopa de mostarda
  • 100ml de creme de leite com soro (na faculdade usamos creme de leite fresco)
  • sal e pimenta do reino moída (para temperar os medalhões)
Tempere os medalhões com sal e pimenta do reino a gosto! Macere as pimentas do reino em grãos e salpique em um dos lados do medalhão!

Em uma frigideira bem quente, derreta parte da manteiga e o azeite de oliva, ponha os filés com a parte da pimenta do reino para baixo e deixe dourar, em seguida vire o lado com cuidado*!

* Frite 2 filés por vez em frigideira bem quente, para não soltar muito líquido e eles não acabarem cozinhando ao invés de fritar. Não precisa ficar virando os filés, deixe dourar um lado e em seguida o outro, de preferência usando um pegador/pinça para manipular e as pimentas não soltarem da superfície do medalhão.

Reserve os medalhões! 

O funda da frigideira vai ficar com uma crosta, com o fogo baixo, acrescente a água para "deglaçar" (soltar esse fundinho com um sabor delicioso), acrescente a cebola só para murchar, em seguida adicione a pimenta do reino verde, a mostarda e o creme de leite! Acerte no sal, se necessário e está pronto!

A pimenta do reino verde não é super barato, comprei um vidrinho de 54g por R$9,00, mas também não é nada que te leve a falência, a final estamos falando de filé mignon, né?

Apesar de tanta pimenta, fica bastante saboroso, mas um pouco picante para mim que sou café com leite em relação a pimenta! O marido achou tão bom que repetiu (3 medalhões para ele e 1 para mim)!

Servi com arroz branco e cenoura salteada no azeite!

terça-feira, maio 24, 2011

Sal de Ervas

Folheando uma revista, em algum consultório médico, vi essa dica e achei incrível mesmo antes de testar!


A idéia é adicionar ervas de sua preferência no sal, aumentar o sabor das comidas preparadas e diminuir o consumo de sódio!

O meu eu usei 1 colher de sal + 1 colher de orégano seco + 1 colher de alecrim seco + 1 colher de manjericão seco!

Usei para temperar um filé de frango (grelhado) que ficou bem gostoso!

sábado, maio 21, 2011

Cheesecake de Cassis - por Valberto

Essa receita não é minha (nem testei ainda), mas confio tanto no talento do meu amigo Valberto que decidi postar mesmo assim! Preciso agradecer a ele por ter me permitido dividir com vocês essa delícia!

Fez tanto sucesso que só consegui tirar essa foto, antes de servir!

Massa:
  • 350 g de biscoito maisena triturado
  • 200 g de manteiga sem sal
Junte a manteiga, aos poucos, aos biscoitos triturados, misturando e amassando até que se transforme em uma farofa. Estará pronta quando, ao ser apertado na palma da mão, ela faz um bolinho que quebra. Coloque e uma forma de aro removível, comprimindo a farofa nas bordas e no fundo da assadeira, de modo a não deixar a massa muito fina, assim evita que ela de quebre, ao ser retirado.

Recheio
  • 1 1/2 xícara de açúcar 
  • 230 g de cream cheese 
  • 300 g de ricota peneirada
  • 2  ovos 
  • 2 gemas 
  • 200 ml de creme de leite
  • 1 xícara de nozes picadas
Coloque numa batedeira, o açúcar e cream cheese e bata até que se transforme em uma massa homogênea. Junte a ricota, os ovos inteiros e as gemas, continue batendo. Acrescente o creme de leite. Por ultimo, já fora da batedeira, acrescente as nozes.

Ponha o recheio sobre a massa e leva ao forno pré aquecido (180 graus) por 40 minutos ou até a massa assadar (depende do forno).


Cobertura:
  • 300 mg (potinho) de geléia de cassis (use da sua preferência)
  • 60 ml de água
  • Três colheres (sopa) de licor de cassis
Junte a geléia de Cassis e a água numa panela e leve ao fogo baixo, deixe ferver, acrescente o licor e deixa ferver mais um pouco, (5minutos). Coloque por cima do recheio e leve a geladeira.

Essa torta fica um absurdo de gostosa, o recheio é super leve e contrasta com o azedinho da geléia de cassis!

Agora o meu pitaco: não deixe de fazer o cheesecake por não ter a geléia de cassis, acho que também ficaria bom com uma geléia de amora, cereja, morango... Ah, as nozes são um up no recheio, mas se não tiver eu acho que não vai interferir negativamente! Improvise!

quarta-feira, maio 18, 2011

Chá de Fraldas de Francisco

Sei que agora é moda fazer festa como as nossas mães faziam, elas se acabava produzindo desde a decoração, aos docinhos até as lembrancinhas. Assumo que adoro essa idéia, não por ser moda, mas por poder dar a minha cara a  festa. Gosto do antes, durante e depois da festa, e no chá do meu filhote foi exatamente assim! 

Chá de Fraldas é meio como "Chá de Cozinha" ou Chá de Casa Nova", a idéia é não gastar muito dinheiro, contar com a ajuda dos amigos mais próximos e ganhar o que precisa (no meu caso, um mundo de fraldas)! Contei com a ajuda da madrinha de Francisco, que organizou tudo junto comigo, e com a ajuda de algumas (muitas) amigas que trouxeram pratos para enriquecer a mesa de guloseimas!

Tudo foi personalizado, desde o convite, até as lembrancinhas. Para isso contei com o talento de um amigo!

o convite


o livrinho de recados

lembrancinhas 1 - pacotinhos de jujuba

lembrancinha 2 - tubinhos com mini confete



garrafas de guloseimas para enfeitar a mesa
(reaproveitei garrafas de suco de uva Aurora)

Acho que um dos sucessos entre as comidinhas foram uns mini pães australianos que comprei no Box do Alemão (Ceasinha), eles vem prontos, só precisa aquecer e rechear com o que quiser. Como opção de recheio tinha antepasto de berinjela, pasta de tomate seco com ricota (nunca tinha feito antes) e a famosa "cebola da discórdia" (essa merece um post especial), além de um vinagrete de peito de peru divindo (especialidade de D. Nanádia - mãe de Catarina).

olha eles ali!

Outro ponto alto foi o cheesecake de cassis, feito por um colega querido da faculdade! Fiquei de pegar a receita e publicar aqui no blog o quanto antes!


Tiveram ainda alguns salgadinhos que encomendei (geralmente prefiro os assados, pois acho que frito fica meio oleoso se não for feito na hora),  duas tortas de chocolate com morango (ganhei uma da sogra e outra das colegas do trabalho), pãozinho delícia (porque em Salvador festa sem pãozinho delícia não é festa), um brigadeiro carinhosamente apelidado de "brigadeiro do capeta" (porque aquilo não é obra de Deus) e uns rabinhos de tatu recheados com leite condensado e castanhas do pará (feito por uma colega da faculdade)!

Com 7 meses de gestação ainda dá para correr de um lado para o outro, mas no final do dia eu estava quebrada, não recomendo passar desse período (a não ser que você contrate um buffet com um milhão de funcionários e passe toda a festa sentadinha, ok?).

Outra dica, não esqueça de deixar a câmera na mão de um amigo e responsabiliza-lo pelas fotos, eu esqueci de fazer isso e não registrei quase nada!

A recompensa foi o carinho de todos os amigos comigo, com o marido e com o pequeno!

domingo, maio 15, 2011

Não abandonei o blog, juro!

Ando sumida essa semana, mas foi por uma boa causa, estive preparando o chá de Fraldas de Francisco (Chico, Cisco, Chiquinho, Chicão... Eita menino cheio de apelidos)!



Essa semana volto com as fotos da festa e a receita dessa torta de maracujá com chocolate!

terça-feira, maio 10, 2011

Quindim

Eu andava louca por um quindim e quando fiz a torta de limão vi uma excelente oportunidade de tentar fazer um, pois nunca tinha me aventurado nas terras dos quindins! Com todas aquelas gemas abandonadas na minha geladeira decidi tentar! 

Peguei umas 3 receitas e fiz um mix, uma tinha açúcar de mais (cortei pela metade), outra muito leite de coco (achei que não fosse dar certo),  a terceira tinha farinha de trigo (achei melhor não), por fim terminei nessa daqui!



Receita:
  • 8 gemas
  • 1 ovo inteiro
  • 100 ml de leite (eu não tinha leite de coco)
  • 1 e 1/2 xícara de açúcar
  • 50g de coco ralado (eu usei de saquinho)
Peneire as gemas e o ovo, mas não pode passar a colher pela peneira, se não você empurra a película da gema (que é o que faz a comida ter cheiro de ovo), deixe as gemas passarem tranquilamente pela peneira, sem pressa!

Misture todos os ingredientes com um garfo ou fouet, despeje em uma forma com furo no meio (tipo de bolo ou pudim), a forma precise ser untada com manteiga e polvilhada com açúcar, cubra com papel alumínio! Leve ao forno pré aquecido (180 graus) em banho maria por 40 minutos!

Após os 40 minutos, retire o papel alumínio e retorne ao forno por mais ou menos 30 minutos ou até dourar o coco! Não adianta enfiar um palito para ver se ficou pronto, pois o quindim é cremoso e engana!

Deixe esfriar e desenforme!

Quindim é um doce bem doce, né? Mas também é um doce bem bom! Então, coma um pedacinho por vez e seja feliz!

sábado, maio 07, 2011

Torta de Limão

Faço essa torta desde sempre, acho que a primeira vez eu devia ser adolescente, lá nas minhas primeiras experiências na cozinha! O marido adora, é sua sobremesa favorita, mas dessa vez eu fiz para um colega de faculdade que fez aniversário essa semana! 

Nunca fiz esa torta sob tanta pressão! Dá para imaginar como é fazer algo para futuros gastrólogos experimentarem? Sem falar que o coordenador do curso também estaria lá (aff! Quase morro)! O importante foi que a velha e boa receita de torta de limão deu super certo, foi um sucesso de público e crítica (admito que fiquei envaidecida)!



Massa:
  • 1 xícara de manteiga (usei manteiga com sal, pois gosto da massa levemente salgada para contrastar com o doce do creme)
  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo (pode precisar de mais ou menos, dependendo do tamanho do ovo)
  • 1 ovo inteiro
Acrescente todos os ingredientes em uma vasilha e misture até a massa virar uma bola e desgrudar das mãos (é tipo uma massa de empada)! Enrola em filme plástico e leve a geladeira enquanto prepara o recheio e o merengue!

Receio:
  • 2 latas de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite com soro
  • 1/2 xícara de suco de limão
  • 1 colher de café de raspas de limão (Quando for raspar o limão não use a parte branca, porque amarga)
Misture tudo e reserve!

Merengue:
  • 4 claras 
  • 8 colheres de sopa de açúcar (colheres rasas)
  • 1 colher de café de raspas de limão
Leve as claras em banho maria por aproximadamente 3 minutos em temperatura média de 70 graus (o necessário para evitar a salmonela), mexendo sempre! Em seguida bata as claras em neve (pode ser ainda quente), por fim acrescente o açúcar e continue batendo até virar um merengue! Reserve!

Montagem:
Em uma forma de fundo solto ou aro removível (com aproximadamente 20cm de raio) forre o fundo e a lateral com a massa! Faça foros com o garfo e leve ao forno pré aquecido (180 graus) por aproximadamente 20 minutos!


Importante: não deixe a massa dourar, pois ela volta ao forno em um segundo momento e pode acabar queimando, deixe apenas assar de leve!

Despeje o recheio sob a massa pré assada, decore com o merengue e volte ao forno por mais uns 20 minutos, apenas para dourar levemente o merengue!

Deixe esfriar e leve a geladeira até a hora de servir!


Se eu tivesse um maçarico (um dia terei um maçarico para chamar de meu) poderia dourar o merengue, fica lindo! Mesmo com o maçarico, eu retornaria a torta ao forno, para firmar o recheio e assar um pouco mais a massa! 

terça-feira, maio 03, 2011

Biscoito de Chocolate

Na hora que vi essa receita no blog Nem a vó fazia eu surtei! Estava louca por uma receita de biscoitos e essa caiu como uma luva para as minhas necessidades! 




Receita:

  • 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo (a receita original usa apenas 1 xícara, mas como Salvador é muito quente, eu achei que a massa ficou meio grudenta, por isso adicionei mais farinha de trigo até a massa desgrudar da mão)
  • 1/4 de xícara de chocolate em pó
  • 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • uma pitada de sal
  • 100g de chocolate meio amargo
  • 3 colheres de sopa de manteiga (na receita original pede sem sal, eu usei com sal e funcionou)
  • 1/2 xícara de açúcar mascavo
  • 1 ovo grande
Mistre todos os ingredientes secos e reserve. Derreta o chocolate + a manteiga + o açúcar em banho maria, deixe esfriar! Acrescente o ovo a mistura (quando fria) e bata na batedeira em velocidade baixa até ficar homogêneo (5 minutos)! Misture os ingredientes secos até desgrudar das mãos (se necessário acrescente um pouquinho mais de farinha de trigo)!

Deixe a massa descansar na geladeira por uns 20 minutos embalada em filme plástico (como estava quente eu deixei 30 minutos na geladeira)!

Pré aqueça o forna a 180 graus! Forre uma bancada com papel manteiga e abra a massa com um rolo  (precisei polvilhar a massa com farinha de trigo, pois estava grudando no rolo)! A espessura depende do seu gosto, quanto mais fininho o bisoito mais crocante ele fica, caso prefira mais fofinho deixe um pouco mais espesso (eu fiz dos dois tipos para testar)! Corte com o cortador de sua preferência e ponha em uma assadeira anti aderente ou forrada com papel manteiga! Leve ao forno por 7 a 10 minutos se seu biscoito  for mais fininho, ou 10 a 15 minutos se for mais grossinho!

Não esqueçam de não misturar diversos formatos de biscoito em uma mesma assadeira, pois cada um terá um tempo de forno diferente de acordo com o seu tamanho!

Ao tirar do forno, deixe esfriar em uma grade, para secar por igual e não ficar mole!


Um mar de biscoitos de chocolate


No Blog Nem a avó fazia, Luanda decorou seus biscoitos com glacê real, ficaram uma fofos!

Decorei esses toscamente só para fazer graça!

Eu AMEI esses biscoitinho, um sabor delicioso de chocolate com açúcar na medida certa (não muito doce) e o cheiro do biscoito assando é divino! Até imaginei Francisco levando desses biscoitos para a escola!