sábado, fevereiro 26, 2011

Saudade

Hoje estava fazendo cachorro quente e lembrei o quanto meu pai gostava do meu cachorro quente, para ele era especial, com bastante cebola, tomate e pimentão!

Muito do tempo que passei na cozinha foi por causa dele, não que meu pai fosse de cozinhar, só era especialista em sanduiche (pernil de porco com queijo do reino)! Era comum ele me pedir para fazer alguns pratos para ele. A primeira vez que preparei lagosta (me furei toda tratando as danadas) foi para satisfazer uma das suas vontades, resultado: Lagosta na manteiga, simples e delicioso!

juntos no meu casamento

Domingo era dia de salsicha com mostarda preta alemã, ele acompanhado de cerveja, eu ficava no refrigerante (nunca bebi com o meu pai, acho que não tivemos tempo para isso), juntos assistíamos a corrida na Globo!

Mas nem sempre (naquela época) cozinhar era um prazer. Queria poder pedir desculpas pelas sopas que fiz com pressa e sem cuidado, aos 20 anos só pensava em sair com os amigos, cozinhar para ele não era prioridade!

Acho que hoje ele diria que eu vou virar cozinheira e não "Chef", nunca foi chegado a "frescuras", tinha hábitos e paladar simples, gostava de produtos de qualidade, mas sem frufrus!

Por fim, imagino como ele estarei radiante com a chegada de um neto, ainda mais sendo filho da sua caçula!

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

Antepasto de Berinjela

Estava em dívida com a minha chefe que, ela tinha me pedido uma lasanha de berinjela que nunca saiu, e lá ficaram as berinjelas murchando na geladeira! Como as berinjelas já estavam feinhas, pensei em fazer um atepasto!

Antepasto de berinjela aqui em casa é sucesso sempre! Outro dia minha mãe trouxe um pote para o meu marido (deixando bem claro que era para ele), em poucos dias o antepasto já estava no finalzinho! Aproveitei a minha "dívida" com a chefe, a paixão do marido por berinjelas, a praticidade da receita e fui de antepasto.

Fica excelente com um pão italiano ou de sal!


Receita:
  • 3 berinjelas grandes em tirinha
  • 1 pimentão amarelo em tirinha
  • 1 pimentão vermelho em tirinhas
  • 2 cebolas grandes em tirinhas
  • 250 ml de azeite de oliva (acho que só usei uns 200ml e funcionou)
  • 200 ml de vinagre branco (achei que ficou com gosto de vinagre, colocaria um pouco menos, talvez 150ml)
  • pimenta do reino moída a gosto
  • sal a gosto
Ponha em uma assadeira grande uma camada de berinjela + pimentões + cebola (talvez seja melhor colocar a cebola antes da berinjela, pois a berinjela é muito sensível e desmancha fácil). Tempere com azeite + vinagre + pimenta do reino + sal, cubra com papel alumínio e leve ao forno (200 graus) por 15 minutos. Após os 15 minutos, dê uma leve misturada (com cuidado para não quebrar a berinjela) e retorne ao forno por aproximadamente 1 hora (é preciso ficar algum líquido para conservar o antepasto)! 

pré forno

pós forno

A receita original pede 1 pimentão verde em tirinhas (detesto pimentão verde, por isso não coloquei) e 1 vidro de azeitonas sem caroço (não tinha em casa e não coloquei), mas fica a sugestão!

Essa receita rende bastante, minha chefe ganhou 2 vidros pequenos, ainda sobrou o suficiente para o marido e de quebra um potinho para uma colega da faculdade experimentar!

O ideal é guardam em geladeira, mas não sei dizer quantos dias de "validade", pois aqui em casa dura apenas algumas semanas!

Ah! Com o passar dos dias ela fica mais gostosa!

Dica: Sempre que fizer berinjela é recomendado colocá-la de molho na água com sal por alguns minutinhos para tirar o sabor amargo, você vai perceber que a água fica amarelada! Então, após cortar a bernjela em tirinhas deixe-a de molho na água com sal por uns 20 minutinhos!

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

Chococreme

A primeira coisa que faço ao acordar é ligar a tv, em geral dou de cara com Ana Maria Braga! Admito que as vezes tenho boas surpresas como essa receita de chococreme, uma sobremesa de chocolate com cara de musse, textura de maria-mole e gosto de brigadeiro (foi assim que minhas amigas definiram ao se esbaldarem com seus potinhos de satisfação)!


Levei essa sobremesa para a casa de uma amiga, mas antes pedi para o meu marido experimentar, seu comentário foi: "a mulherada vai se matar por um potinho desse"! 

Receita:
  • 2 latas de leite condensado
  • 4 colheres de sopa de chocolate em pó (colheres generosas) 
  • 1 colher de sopa de manteiga (essa pode ser rasa)
Faça um brigadeiro consistente (eu sou preguiçosa e fiz um brigadeiro médio, tipo de copinho). Reserve!
  • 1 lata de creme de leite com soro
  • 200 ml de leite de coco
  • 1 envelope de gelatina em pó sem sabor (hidratada conforme instruções da embalagem)
Bata no liquidificador todos os ingredientes + o brigadeiro até ficar homogêneo. Distribua o creme em taças e leve a geladeira por 3 horas antes de servir.



Como de costume, as receitas do programa de Ana Maria Braga são fáceis e práticas!

terça-feira, fevereiro 15, 2011

Tomate Concassé

Na minha primeira aula prática da faculdade aprendemos a fazer tomate concassé (e que diabos vem a ser um tomate concassé?)! Nada mais é do que um tomate picadinho, sem pele e sem semente, mas que pode ser usado em diversos pratos!



Falando um pouquinho da aula, foi simplesmente incrível, eu parecia uma criança em um parque de diversões, fique atenta a cada estímulo, cada informação era bem vinda. Fiquei tão eufórica que nem sai para fazer o meu lanchinho de grávida, não senti as pernas doerem e também não consegui dormir direito de tão empolgada! Ah, usei as minhas facas alemãs pela primeira vez (é comprei facas profissionais, um luxo)!

Então, vamos voltar ao tomate! 

Receita:
  • 2 tomates grandes e firmes (não muito maduros)
  • 1/4 xícara de azeite de oliva (caso ache muito azeite, pode diminuir a quantidade ou acrescentar aos poucos)
  • 1 colher de sopa de salsinha picada (podendo ser subistituida por outras ervas frescas, na aula fizemos uma mistura de endro com cebolinha e outra de sálvia e alho poró - delícia)
  • sal e pimenta do reino a gosto
Para tirar a pele dos tomates, coloque-os em uma panela com água quente por 20 segundos, em seguida retire os tomates e ponha na água gelada (para parar o cozimento)! Retire as peles! A idéia não é cozinhar os tomates, o importante é retira a pele com facilidade, mas manter a textura do tomate! 

Parta o tomate em 4 e retire as sementes, pique em cubinhos! Esse já é o tomate concassé, mas queremos mais, por isso tempere os tomates com o azeite + sal + salsinha + pimenta do reino!



Cozinhe 200g de macarrão (usei fusilli, mas acho que combina mais com espaguete ou talharim), jogue a massa ainda quente sobre os tomates e misture! 

Para melhorar ainda mais, corte 4 nós de mussarela de búfala sobre a massa!

É uma receitinha light, rápida e deliciosa!

Rende 2 porções

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Costelinha de porco com molho barbecue

Domingo é um dia de comer bem, mas sem se acabar de trabalhar na cozinha (pelo menos é assim que funciona na minha casa)! E foi bem em um domingo que uma costelinha de porco descansava no meu congelador, quase pedindo para virar algo gostoso!

Não vou dizer que chegou perto da costelinha do Outback, mas ficou bem gostosa!

Receita:
  • 500g de Costelinha de porco
  • 1 xícara de molho barbecue 
Escolhi um molho da Heinz, mas cada um usa o que tiver!

É só colocar a costelinha em uma assadeira, besuntar com o molho barbecue, fechar com papel alumínio e levar ao forno médio por 30 minutos para cozinhar. Em seguida, tire o papel alumínio e retorne ao forno para dourar por mais uns 40 minutos. O tempo de forno depende da potência de cada um!

Para acompanhar eu tentei fazer uma maçã parecida com a do Outback (eu disse parecida)!


Receita:
  • 2 maçãs
  • 1/2 xícara de água
  • 2 colheres de sopa de molho barbecue
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • pimenta do reino moída na hora

Descasquei e cortei as maçãs em pedaços grandes, levei ao fogo com os outros ingredientes até engrossar o molho.

O processo mais demorado é o tempo de forno da costelinha, no mais é muito tranquilo e fica delicioso!

domingo, fevereiro 06, 2011

Notícias da primeira semana de aula

Antes de mais nada, quero pedir desculpas, essa semana não rolou receita por aqui, mas isso não vai persistir! O blog vai ser um grande aliado do curso, a idéia é que eu possa dividir tudo que aprenda por lá e ache possível aplicar no dia a dia!

A primeira semana não foi de AULA, mais um esquema de integração, apresentações e tal, mas cada dica é bem vinda! O coordenador do curso foi uma simpatia, os professores super disponíveis, a estrutura me pareceu muito boa!


 
A primeira tarefa do curso foi comprar o Guia de Bares e Restaurantes da Revista Veja (que também pode ser acessado on line aqui), marcar alguns restaurantes importantes/interessantes, sair por ai conhecendo e degustando (tarefa difícil, né?)! A idéia é viver o mundo da gastronomia, sem necessariamente ir a falência, pois pode-se comer bem e pagar pouco (ou justo)! O marido adorou a "nossa" tarefa de casa!