domingo, dezembro 26, 2010

Musse de Chocolate - Reeditada

Como diria a minha amiga Mariana Hirsch, andei revisitando a Musse de Chocolate da Sogra! Depois de passar pelo curso do SENAC e ouvir que precisa pasteurizar os ovos para evitar salmonela, achei a primeira versão da musse politicamente incorreta (tudo hoje em dia é politicamente incorreto, até o pobre do ovo vive o fantasma da salmonela, coitado)!

em versão individual

Por se tratar de uma sobremesa para o Natal, fiz uma versão tamanho Família Master Super Plus (exagero puro, só fiz dobrar a receita e aumentar a quantidade de chocolate, hehe)!

Receita:
  • 3 tabletes de chocolate -170g cada (usei 2 meio amargos e 1 ao leite, só para aproveitar o que tinha em casa, mas podiam ser as 3 meio amargo)
  • 4 colheres de sopa de manteiga (continuei usando a com sal mesmo, esqueci de comprar sem sal)
  • 8 gemas
  • 8 claras
  • 8 colheres de sopa rasas de açúcar  
  • 1 cálice de vinho do porto (eu não estou podendo beber, mas 1 cálice para tanto açúcar e chocolate, dividido por umas 12 porções, não deve me fazer mal)
Adicione metade do açúcar as claras e leve em banho maria por aproximadamente 3 minutos em temperatura média de 70 graus (o necessário para evitar a salmonela), mexendo sempre! Em seguida bata as claras em neve (pode ser ainda quente), vai virar quase um meregue por causa do açúcar, reserve!

Adicione o restante do açúcar as gemas e faça o mesmo processo das claras, banho maria por 3 minutos, sempre mexendo! Em seguida bata as gemas até virar um creme amarelo claro (o meu não virou um creeeeeme, estava mais para um liquido amarelo claro)!

Derreta o chocolate picado com a manteiga em banho maria ou no microondas (em potência média por 2 minutos), misture até ficar homogêneo. Acrescente o "creme" de gemas ao chocolate, incorpore delicadamente até ficar homogêneo (vixe, que receita cheia de banho maria e homogêneo).

Incorpore as claras em neve ao creme de chocolate com extrema delicadeza (pois é essa etapa que deixará sua musse aerada), de preferência com uma espátula, com movimentos de baixo para cima, sem pressa! Por fim, acrescente o cálice de vinho do porto, ainda mexendo delicadamente para não perder o trabalho todo com as claras! Leve a geladeira e está prontinho para comer! 

Pronto, ninguém mais vai ficar com desejo de musse de chocolate!

Pode fazer meia receita, que rende umas 5 porções generosas!

8 comentários:

Morena disse...

Amei seu mousse, super mega power de chocolate, êba!!! Beijo!

AMORnique disse...

E como se pasteuriza ovos?

duda lima disse...

Monique,
não sei se poderia chamar de pasteurizar o processo que fiz, mas o objetivo é o mesmo, para matar os microorganismos! É preciso elevar a temperatura do ovo a + ou - 70 graus, no meu caso, em banho maria!

bjo

Mônica Suñer disse...

Duda, só em ler já deu água na boca!! Você tem razão, a marca Roca é um pouco mais cara. O marido disse que, sem a tampa do vaso sanitário, a bacia + a caixa acoplada dava uma diferença de quase R$100,00 para o da Celite, mas, além do design, ele gostou do assento com amortecimento, que só tinha naquele modelo que postei. O argumento dele foi que, ao menos pelos próximos 20 anos, não compraria outro vaso, então, valia a pena investir naquele. Vamos ver depois de instalado como fica no dia-a-dia... Bjs e um ótimo 2011!!!

AMORnique disse...

Ah, valeu, Duda! Nas minhas próximas experiências culinárias vou botar sua dica em prárica!

bjo, feliz 2011!

Angélica disse...

Posso substituir o vinho do porto por um vinho tinto comum ?

Angélica disse...

Posso substituir o vinho do porto por um vinho tinto comum ? Obrigado !

Duda Lima disse...

Eu trocaria por um licor de laranja, outro licor, ou simplesmente não colocaria bebida alguma!