sexta-feira, dezembro 31, 2010

2011 está chegando, um corre corre danado, nós meninas precisamos ir ao salão, correr atrás de uma roupitcha nova e ainda precisamos nos preocupar com os preparativos para a última festa do ano (para quem vai receber s amigos em casa), aff, cansei! 


E o que esse abacaxi delícia tem com isso? É que se você não decidiu o que fazer para a sobremesa, vai de Abacaxi grelhado com sorvete de Tapioca, esquema bom, bonito e prático!

E por que eu escolhi sorvete de tapioca? Simplesmente porque era o que estava disponível no congelador, mas pode ser creme, coco ou qualquer outro sabor neutro! Também pode substituir o abacaxi por maçãs em rodelas ou manga...

Grelhei as rodelas (fatiadas com espessura de um dedo) no grill, tipo grill de fazer sanduiche, depois é só colocar uma bola de sorvete e enfeitar! Sucesso garantido, gastando pouco tempo na cozinha!

Em 2011 eu volto cheia de receitas novas e com um sorteio de mimos logo no início do ano!

quarta-feira, dezembro 29, 2010

Milque

Gente, hoje fui com uma renca de amigas confraternizar e aproveitamos para conhecer a Milque (uma doceria nova que abriu na cidade, na verdade não tão nova assim, mas inédita para a gente), foi paixão coletiva!


Comi um pãozinho delícia com recheio de peito de peru, que de tão bom dá vontade de comer 3 (é pequeno, mas custa apenas R$1,90), o suco de morango é bem grossinho, no ponto certo, finalizei com um mil folhas delicadíssimo, recheado com um creme de confeiteiro dos céus!

Comi um desses

A vitrine de doces é uma loucura, o atendimento é ótimo, eles são super prestativos (montaram meu mil folhas na hora, pois havia terminado na vitrine) e bom atendimento é tudo no mundo, né? Eu bem sei do que falo, pois atendimento em Salvador é dureza, quando somos bem tratados até estranhamos!

A Milque fica na Alameda das Espatódias, 567, Caminho das Árvores - Salvador! 

Super vale conferir e saborear!

domingo, dezembro 26, 2010

Musse de Chocolate - Reeditada

Como diria a minha amiga Mariana Hirsch, andei revisitando a Musse de Chocolate da Sogra! Depois de passar pelo curso do SENAC e ouvir que precisa pasteurizar os ovos para evitar salmonela, achei a primeira versão da musse politicamente incorreta (tudo hoje em dia é politicamente incorreto, até o pobre do ovo vive o fantasma da salmonela, coitado)!

em versão individual

Por se tratar de uma sobremesa para o Natal, fiz uma versão tamanho Família Master Super Plus (exagero puro, só fiz dobrar a receita e aumentar a quantidade de chocolate, hehe)!

Receita:
  • 3 tabletes de chocolate -170g cada (usei 2 meio amargos e 1 ao leite, só para aproveitar o que tinha em casa, mas podiam ser as 3 meio amargo)
  • 4 colheres de sopa de manteiga (continuei usando a com sal mesmo, esqueci de comprar sem sal)
  • 8 gemas
  • 8 claras
  • 8 colheres de sopa rasas de açúcar  
  • 1 cálice de vinho do porto (eu não estou podendo beber, mas 1 cálice para tanto açúcar e chocolate, dividido por umas 12 porções, não deve me fazer mal)
Adicione metade do açúcar as claras e leve em banho maria por aproximadamente 3 minutos em temperatura média de 70 graus (o necessário para evitar a salmonela), mexendo sempre! Em seguida bata as claras em neve (pode ser ainda quente), vai virar quase um meregue por causa do açúcar, reserve!

Adicione o restante do açúcar as gemas e faça o mesmo processo das claras, banho maria por 3 minutos, sempre mexendo! Em seguida bata as gemas até virar um creme amarelo claro (o meu não virou um creeeeeme, estava mais para um liquido amarelo claro)!

Derreta o chocolate picado com a manteiga em banho maria ou no microondas (em potência média por 2 minutos), misture até ficar homogêneo. Acrescente o "creme" de gemas ao chocolate, incorpore delicadamente até ficar homogêneo (vixe, que receita cheia de banho maria e homogêneo).

Incorpore as claras em neve ao creme de chocolate com extrema delicadeza (pois é essa etapa que deixará sua musse aerada), de preferência com uma espátula, com movimentos de baixo para cima, sem pressa! Por fim, acrescente o cálice de vinho do porto, ainda mexendo delicadamente para não perder o trabalho todo com as claras! Leve a geladeira e está prontinho para comer! 

Pronto, ninguém mais vai ficar com desejo de musse de chocolate!

Pode fazer meia receita, que rende umas 5 porções generosas!

sexta-feira, dezembro 24, 2010

O espírito de Natal

Não sou muito natalina, mas acho que o espírito de natal ajudou e eu consegui me enfiar na cozinha como nos velhos tempo (não tão velhos assim), de lá saiu uma Mussse de Chocolate e um Flan de Cupuaçu, (ambas testadas e aprovadas pelo marido). É Natal e eu não podia chegar de mãos abanando na casa da sogra, ainda mais depois de fazer um curso de confeitaria e tal (ela ia me achar uma fraude)! 



Bom, é isso! Feliz Natal para todo mundo, sobrevivam a comilança natalina, pois em breve teremos mais receitas por aqui! 

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Meu presente de Natal

Depois do Curso de Confeitaria do SENAC, venho pensando como conseguirei sobreviver sem uma batedeira planetária! Rapidamente descobri que não vou sobreviver e decidi me presentear com um exemplar básico, mas mesmo assim é uma Batedeira Planetária DELUX da Arno (muito chique)!


Ela praticamente faz o trabalho todo sozinha! Sabe aquelas receitas de bolo que pedem para bater a manteiga com o açúcar até virar um creme branco? Eu nunca consegui, pois meu braço dói de ficar segurando a batedeira comum, mas com essa belezinha é só jogar tudo dentro, dar uma voltinha e em minutos tudo estará pronto!

Na boa, eu mereço e meu braço (podre de tendinite) agradece!

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Rosca "Feliz Natal"

Estou em crise com a cozinha, o que vem me preocupando, pois esse blog pode descer ladeira a baixo e meu marido vai morrer de fome (logo agora que vou começar a Faculdade de Gastronomia) ! Ainda gosto de cozinhar, mas ando com problemas gástricos, o que tem me deixado um pouco sem vontade de comer coisas boas (nem coisas nenhuma) e o que me move é o meu desejo, pois não cozinho o que não gosto de comer! O bom é saber que é temporário!


E o rosca de natal com isso? Apesar desse desconforto todo, lá fui eu para a cozinha fazer essas roscas para a festa de fim de ano do meu trabalho, porque eu adoro os meus pacientes e eles merecem o esforço!

A receita rende 2 roscas grandes, achei por bem fazer 2 recheios diferentes! Hoje é um esquema 2 em 1, você aprende uma base, mas pode rechear de várias maneiras, ao gosto do freguês, ou com o que tiver disponível em casa! 

Rosca de nozes e passas

Rosca de chocolate e cereja

Como eu fiz a preparação da massa exatamente igual a receita original (só mudei o recheio, porque ninguém merece frutas cristalizadas, né?), vou escrever igualzinho como está no site da Nestlé (isso chama preguiça de Natal, copiar e colar a receita)!

Receita:
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 pacotinhos de fermento biológico (20g)
  • 100 g de manteiga
  • 2 ovos inteiros
  • 1 kg de farinha de trigo (eu usei aproximadamente 800g de farinha, isso depende do tamanho dos ovos e umidade da farinha)
  • 1 gema batida para pincelar 
Misture o leite condensado, o fermento diluído na mesma medida (da lata) de água morna, a manteiga e os ovos. Acrescente aos poucos a farinha de trigo, misturando com a ponta dos dedos, até desprender das mãos. Sove a massa por cerca de 10 minutos e divida-a em quatro cordões. Abra cada cordão e espalhe as frutas cristalizadas e as passas escorridas, e enrole. Use dois cordões para cada rosca, cruzando-os um sobre o outro. Coloque em duas fôrmas redondas grandes, untadas e enfarinhadas, e deixe crescer em lugar aquecido por uma hora e meia ou até dobrar de volume. Pincele-as com a gema e leve para assar em forno médio (180°C), por cerca de 30 minutos, até ficar dourado.


Recheio1:
  • 1/2 xícara de chá de nozes 
  • 1/2 xícara de chá de uva passa preta sem semente 
Cobertura 1 (Glacê):
  • 2 xícaras (chá) de açúcar de confeiteiro 
  • 2 colheres (sopa) de leite quente (usei água)
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão 
  • nozes picadas e uvas passas para decorar
Misture o açúcar com o leite (ou água) e o suco de limão, espalhe sobre a rosca ainda quente. Decore com nozes e passas para decorar


Recheio 2:

  • 1/2 xícara de cerejas em calda (cortadas ao meio)
  • 1/2 xícara de gotas de chocolate (se não tiver, pode substituir por chocolate picado)
Cobertura 2:
  • 1 tablete de chocolate ao leite ou meio amargo
  • cerejas e raspas de chocolate para decorar
Derreta o chocolate por 30 segundos no microondas, espalhe sobre a rosca fria! Decore com cerejas e raspas de chocolate!

A massa cresce bastante e fica super fofinha, diferente de rosca comprada pronta (que geralmente é ressecada) essa fica úmida, principalmente a de passas e nozes, por causa do glacê! Ainda pode colocar as passas de molho no rum, para ficarem mais úmidas! Na rosca de choclate e cereja pode acrescentar 1/3 de xícara de creme de leite ao chocolate derretido e fazer um ganache, deve ficar uma delícia!

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Strogonoff de Couve-Flor

Não, eu não estou virando natureba! Depois de um molho de tomate natureba, lá venho eu com um strogonoff de couve-flor? Admito que eu já tive uma fase "vegetariana" na minha vida, lá pelos meus 18 anos, acho que era meio moda na época. Hoje como de tudo novamente (menos quiabo, chuchu e fígado, 3x eca), mas algumas coisas devem ser guardadas para a vida toda e essa receita é uma delas!


Não sei porque não faço essa receita com mais frequência, se é tão gostosa e fácil de fazer!

Receita:
  • 1 couve-flor 
  • 1 tomate picado
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 lata de molho de tomate pronto (+ ou - 350ml) ou 350ml desse molho
  • 1 caixinha de creme de leite
  • sal
  • pimenta do reino 
  • azeite
Corte a couve-flor em floretes (adorei esse nome), cozinhe em água fervendo e salgada (tipo macarrão) , só para amaciar, al dente (não disse que era igual a macarrão), nada de deixar os floretes cozinharem de mais e ficarem molengos!

Em uma panela grande, aqueça uma colherzinha de azeite, doure o alho e a cebola, acrescente o tomate picado, deixe soltar um pouco de água! Adicione o molho de tomate e o creme de leite. Acerte no sal e na pimenta do reino. Ponha os floretes de couve-flor no molho e deixe cozinhar por mais uns 5 a 10 minutos ou até ficar macio (não mole)!

Geralmente, sirvo com arroz branco e batata palha, mas também vale arroz com curry e uma saladinha!

*Se achar que formou pouco molho, acrescente 1/2 xícara de água, já para quem optou pelo molho de tomate caseiro, acrescente mais 1/2 xícara de molho!

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Utensílios de Cozinha

Eu não sei responder como vivo sem alguns utensílios básicos de cozinha! É verdade que uns eu até tenho, mas em tamanhos inadequados ou beeem velhinhos (herança da casa do meu pai)! 

Esses utensílios servem para facilitar nossa vida na cozinha!

Meu rolo de massa é uma vergonha, é um mini rolo! Segundo o livro de confeitaria da Condon Bleu, o melhor é o rolo de pedra ou mármore,  por ser mais frio adaptam-se melhor manuseio das massas! 

Ainda segundo o livro da Cordon Bleu, os pilões de pedra ou cerâmica são os melhores, pois os de madeira absorvem os sabores e os de metal modificam o sabor dos alimentos!
Também aceito um de madeira!

Peneiras de aço em tamanhos variados! 
A minha é uma pequena, de plástico, que veio da casa do meu pai (peneirar grandes quantidades, nem pensar)!

Ralador de queijo com reservatório, um desse me pouparia o trabalho de recolher o queijo que cai no chão na hora de ralar (minhas filhotas que ficariam tristes, elas vão comer que queijo?)

Um amolador de facas para chamar de seu!

Refratários canelados de tamanhos diversos! Hum, dá para fazer suflê e outras gostosuras!
Adoro os mini!

Balança de precisão é uma mão na roda para fazer bolos e pães!

Já cansei de dizer o quanto um multiprocessador pode facilitar a nossa vida na cozinha!


Um bom conjunto de panelas e assadeiras! 
Eu tenho as minhas panelas velhinhas (não é panela velha que faz comida boa?)! 
Já assadeiras, eu venho aumentando a minha coleção dia a dia!

Ainda preciso de um wok para fazer yaksoba, curry...

Jamie Oliver faz uma lista de utensílios essenciais, no seu livro Revolução na Cozinha:
  • Conjunto de tigelas para misturar
  • Jogo de facas 
  • Colher de Pau (não gosto muito, prefiro colheres e espátulas de silicone)
  • Fouet
  • Espremedor de batatas
  • Tábua de madeira para carne ou picar tempero (hoje existem umas placas de vidro com a mesma função, que não absorvem o cheiro e sabor dos alimentos como as tábuas de madeira)
  • Escorredor de macarrão
  • Jarra de medidas (isso é indispensável)
  • Abridor de latas...
Esses são apenas alguns exemplos de utensílios, só para começar! 

*Fotos tiradas do site da Tokstok e da loja Doural

quarta-feira, dezembro 08, 2010

Molho de tomate 100% caseiro

Nada como ter uma comidinha saudável e caseira depois de alguns dias de férias, junk food, restaurantes a quilo (ou aquilo, de tão ruim), doces e mais doces... Ah! Não posso esquecer que também comi bem, rolaram 2 visitas a restaurantes japoneses bem bacanas, um almocinho delicioso feito pela querida Maria, um empadão de frango fantástico feito pela mãe de Luisa...


Vou deixar de enrolar e vou direto a receita desse molho delícia, natural, barato e super prático!

Receita:
  • 4 tomates maduros
  • 1 dente de alho picado
  • azeite
  • uma pitada de açúcar
  • pimenta do reino moída na hora (ou não)
  • sal 
Faça um x no na pele da bundinha de cada tomate, coloque os tomates em água fervendo até a pele soltar! Despele os tomates, tire o miolinho do caule, caso não goste pode tirar as sementes (mas eu acho desnecessário), bata no liquidificador (nem precisa de água)!

Em uma panela, doure o alho no azeite, jogue os tomates batidos, acrescente uma pitada de açúcar (para tirar a acidez) e sal a gosto, deixe ferver e encorpar! Para finalizar, acrescente a pimenta do reino moída na hora e sirva com uma massa de sua preferência!

O molho fica meio rosado e rende 2 porções!

A receita original está no blog Entre Pincéis!

segunda-feira, dezembro 06, 2010

Manteiga x Margarina

É muito comum trocarmos a manteiga da receita por margarina, né? Mas será que manteiga e margarina são todas iguais? Será que tanto faz usar uma ou outra numa receita?

                                           Foto: Qualy

Entre outras coisas, o curso do SENAC me ensinou que manteiga e margarina NÃO são todas iguais! Segundo minha professora, as manteigas possuem 100% de lipídios, já as margarinas não possuem a mesma quantidade de lipídios, a que mais se aproxima é a Qualy, que tem 80% de lipídios! E você com o lipídio alheio?

O lipídio (ou gordura) serve para dar leveza, maciez e aeração a sua receita, por isso um bolo feito com manteiga fica muito mais fofinho que um bolo feito com uma margarina qualquer, sem falar no sabor da manteiga!

Mas agora que você sabe para que serve o lipídio, pode escolher entre manteiga ou uma margarina com 80% de lipídio e ter sempre um bolo (ou pão) fofinho e macio!

Duda também é cultura!

quinta-feira, dezembro 02, 2010

Notícias de terras paulistanas

Estou viva (eu diria morta-viva), bastante cansada, mas bem satisfeita com o que tenho aprendido no Curso de Confeitaria Básica do SENAC, que por mais báscica que pareça, tem feito muita diferança pra mim!

A professora é muito bacana, super disponível (tira dúvidas até mesmo de receitas e temas que não estão no programa), sempre dá dica de fornecedor, marca e tal! A turma é pequena, apenas 9 pessoas, o que ajuda na hora de executar as tarefas, a composição da turma é bem eclética, de cozinheira profissional, passando por dona de casa, dono de padaria, até amantes de confeitaria!

Tenho conseguido trazer as receitas para a minha realidade (no caso, uma cidade quente e úmida como Salvador) e no geral tenho ficado muito satisfeita com os resultados finais!

Além do curso, tenho tentado aproveitar ao máximo a cidade e os meus amigos, não paro um minuto (por isso estou morta-viva), mas já está chegando a hora de voltar para casa (estou morta de saudade)!

Em breve retorno cheia de novidades!