domingo, novembro 28, 2010

Aula de Chocolate - Divas Chocolates

Simplesmente amei as 8 horas que passei acompanhada da Diva Simone e de futuras Divas do Chocolate, cercada de chocolate por todos os lados! Foi um dia de trabalho em equipe, buscando produzir bombons deliciosos!


Simone é incrível, extremamente generosa, disponível, tudo no mundo, uma Diva de verdade! Ela nos passou cada truque que aprendeu nos 6 anos de intimidade com chocolate (todos os pulos do gato), nos fez perder o medo de trabalhar com chocolate (até chocolate branco), derrubou mitos e tabús (hehe)! Até aprendi como regular a temperatura do microondas, pois o meu só servia para esquentar comida!


Valeu cada centavo e minuto investido na aula, valeu ter ido para São Paulo, ter dormido pouco, ter me jogado em uma cidade (que apesar das visitas constantes) conheço muito pouco, ter pego um metrô e um taxi para chegar lá...





Eu não sou a mesma pessoa que saiu de Salvador dia 26 de dezembro, juro! Tem muito mais por vir!

quinta-feira, novembro 25, 2010

Pão Australiano

Não, esse pão não é igual ao do Outback! Sim, esse pão é delicioso para quem gosta do sabor forte do melaço!


Fiz algumas pesquisas na internet sobre receitas de pão australiano, no geral, a única diferença que encontrei entre elas era a substituição de melaço de cana por mel (o que deve deixar o pão com um sabor mais suave)!

É a segunda vez que faço essa receita, mas devo tentar muitas e muitas vezes antes de chegar na textura do pão do Outback (a falta do glúten pode ter sido responsável pela textura mais densa), apesar do sabor parecido! Eu também não usei a farinha de centeio, o que pode ter alterado o resultado final!

Checando os comentários nos blogs, muita gente fez e não ficou igual ao do Outback! Esse pão é meio complicado, merece uma tese de mestrado! Seja como for, o sabor é incrível, é macio, mas não tão fofo, mas deliciosamente macio e eu farei sempre que puder!

Receita Original do Cinaras Place:
  • 1 e 1/4 xícara de água morna (usei apenas 1 xícara)
  • Contante alimentício marrom (não usei e acho que não precisa)
  • 2 colheres de sopa de margarina (em temperatura ambiente)
  • 1/2 xícara de melaço de cana ou mel (usei 1/3 de melaço)
  • 1 e 3/4 xícara de farinha de trigo branca
  • 1 xícara de farinha de trigo integral
  • 1 xícara de farinha de centeio (como não achei, usei 1/2 xícara de farinha branca + 1/2 xícara de farinha integral)
  • 2 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo
  • 1 colher de sopa de glúten (não usei)
  • 1 e 1/2 colher de chá de fermento biológico seco (usei 2 pacotinhos, 20g, o que também pode ter interferido na textura)
  • Fubá para polvilhar (é estético, se não tiver tudo bem)
Em uma vasilha grande misture as farinhas + chocolate + açúcar + sal. Faça um buraco no meio dos ingredientes secos, adicione o fermento, um pouco da água morna, o melaço e a margarina, misture! Vá acrescentando mais água morna aos poucos até formar uma massa homogênea! Leve a massa a uma superfície plana e sove com um pouco de farinha branca (bem pouco)!

Da primeira vez minha massa ficou muito grudenta, por isso usei menos água. Mas segundo vi no mundo virtual, a massa é levemente grudenta mesmo!


Deixe a massa descansar por 1 hora em vasilha tampada com um pano em local abafado. Após o descanso, divida a massa em 2 (para usar formas de pão) ou em 3 (preferi fazer 3 pães médios, do tamanho do pão do Outback). Ponha em formas ou assadeira untada, polvilhe farinha de milho e deixe descansar por mais 1 hora, cobertos por um pano!

Depois do descanso final, pré forno

Após o descanso (eita pão descansado), leve ao forno pré aquecido (180º) por aproximadamente 35 minutos, em forno médio, até dourar! O aroma que fica na casa enquanto o pão assa é incrível! CUIDADO com o forno, pois os meus quase queimaram em baixo! 

Crescidinhos

Espere uns 15 minutos antes de comer, depois é só passar manteiga e ser feliz!

terça-feira, novembro 23, 2010

Ainda em clima de festa - Parte 2

Além dos amigos terem comparecido em peso ao meu café da manhã, ainda ganhei uma montanha de presentes, muitos inspirados nesse blog (alguns amigos "confessaram" ter passado por aqui para encontrar idéias de presente)!

Dá para acreditar que eu ganhei uma faca de cerâmica? Eu quase surtei quando abri a embalagem, coisas da minha amiga Silvana!
Que ainda vem com um descascador de legumes de cerâmica!

Também ganhei livros, muitos livros...

Presente da sogra, arrasou!

Esse eu praticamente pedi aqui!

Hummm, Sobremesas Divinas...

Agora tenho 4 dessa coleção!

Em "ingrês" vou precisar de tradutor!

O marido pegou pesado, deu um kit completo...

Esse livro é o máximo!

Nunca mais vou me bater com as medidas das receitas!

Agora preciso de mais um mês de férias para ler meus livros e mais uns 3 anos de licença sem vencimentos para fazer todas as receitas!

Ah! As lembrancinhas chegaram ontem no fim do dia, dá para acreditar?

segunda-feira, novembro 22, 2010

Ainda em clima de festa

O Café da Manhã foi ótimo, rendeu até o Chá da Tarde, as comidinhas estavam ótimas e a maioria dos amigos queridos estiveram presentes!


No cardápio:
  • Quiche de cebola
  • Folhado de queijo e de camarão
  • Barquete de peito de peru
  • Bolo de Milho (usei a receita do cupcake de milho)
  • Cupcake de chocolate (conto a saga do cupcake da madrugada em breve!)
  • Bolo de aipim
  • Bolo de chocolate
  • Sequilhos
  • Pãozinho
  • Frios
  • Cuscuz de tapioca
  • Pão de alecrim (feito na hora, comido quentinho com manteiga...Hummm)
Para beber, suco de uva, chocolate gelado, café, leite, refrigerante e cerveja (ninguém é de ferro)!

Olha o mimo da bandeirinha, peguei o arquivo do Banana Craft

Tudo deu super certo, superando as minhas expectativas, o único porém foram as lembrancinhas (comprei umas lembrancinhas pela interneet, mas não chegaram até hoje), mas o bom vai ser marcar um encontro com os amigos para entregá-las quando chegarem! Como eu estava na correria para receber todos os convidados, não consegui tirar fotos para colocar no blog!

sexta-feira, novembro 19, 2010

Meu Aniversário x Paul McCartney - Devaneios

Estou super corrida com os preparativos para o meu aniversário, que é dia 21, mas que por conta de Paul McCartney terei que comemorar um dia antes! O que tem a ver Paul McCartney com o meu  aniversário? É que ele fez o favor de vir tocar no Brasil no dia do meu aniversário (não sabendo ele que eu nem queria ir pro show), mas sou casada com um Beatlemaníaco, tenho uma legião de amigos beatlemaníacos e todos vão se deslocar para São Paulo para ver o show!


Meu marido ainda tentou me convencer a trocar minha festa de aniversário pelo show, mas não aceitei a proposta! Eu acho os Beatles o máximo, Paul e Ringo principalmente (tenho umas questões com John, hehe), mas meu aniversário é meu aniversário! Brincadeiras à parte, Paul é um tiozinho fofo, um Beatle e merece toda a minha admiração e respeito!

Acho que já deu para perceber o quanto gosto de comemorar aniversário, sou do tipo que sai divulgando para todo mundo, "olha, dia 21 é meu aniversário", acordo cedo para receber os parabéns, amo ganhar presente (não precisa ser um PRESENTE, pode ser um bilhetinho de guardanapo), me realizo em reunir os amigos, comemorar mais um ano de vida... Ainda mais esse ano que faço 30 anos!

Ano passado fiz um mini café da manhã, deu tão certo que esse ano decidi manter a idéia, mas ampliar o número de convidados! Pesquisei idéias de decoração em blogs, testei receitas de pão (inclusive pão australiano, em breve posto aqui), biscoitos, cupcakes... Mas no fim percebi que precisarei terceirizar as tarefas, não vou dar conta de fazer todas as comidinhas (uma pena)!

café da manhã - Versão 2009

Esse site tem várias fotos de festas temáticas, cada uma mais fofa que a outra! O blog Brigadeiro de Colher também me trouxe idéias ótimas, além de ser um blog delicioso! Ah, não posso esquecer de dizer que o site Casamenteiras tem um mundo de dicas para festa, ainda rola uns vídeos ensinando como fazer enfeites passo a passo!

Agora vou voltar aos preparativos!

*Agora falando sério, não fui pro show porque já estou com passagens compradas para São Paulo na semana seguinte, vou fazer uma aula de chocolate com Simone do Chocolatria e o curso de Confeitaria Básica no SENAC (tudo isso me descapitalizou bastante)!

quarta-feira, novembro 17, 2010

Bolo de Chocolate - Aniversário de Fab

Fab é minha amiga, "cumadre", irmã... E quando alguém tão especial faz aniversário, a gente quer fazer algo a altura! Esse bolo me deu insônia, me fez recorrer aos meus livros, fiz pesquisa na internet, tudo para não decepcionar minha amiga! Por fim, decidi não arriscar e recorrer ao velho e bom bolo de chocolate com recheio e cobertura de ganache, sem erro!

A aniversariante atacando seu bolo

Mas ainda tinha uma questão: Como eu iria cortar o bolo em dois para rechear? Pode parecer uma tarefa simples, tanto que ninguém pensa nisso (eu pensei até fundir a cabeça), mas é muito difícil fatiar um bolo que desmancha de tão fofinho (tirar da forma já é difícil)! 

Recebi todo tipo de dica, de usar um fil dental até serrar com uma faca de serra para pão, mas admito que tive medo! Como teria que dobrar a receita (pois renderia um bolo pequeno) optei por fazer 2 bolos não muito altos e assa-los em assadeira idênticas (pronto, resolvi meu problema)!


Para o bolo, usei uma receita de uma massa para cupcake do blog La Cuccinetta (estava doida para testar e aproveitei a oportunidade)! Como já disse, precisei fazer o dobro da massa, pois as medidas da receita era para 12 bolinhos, e digo, sem sobra de dúvidas, valeu super-hiper-mega ter feito essa receita! O bolo ficou fofinho, delicado, combinou muito bem com o ganache e não ficou muito doce!

Receita Bolo (2 x essa receita):
  • 1 xícara + 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de chocolate em pó
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 ovo grande
  • 1/2 xícara de açúcar mascavo (aperta o açúcar até o fundo da xícara)
  • 1/2 xícara de açúcar cristal
  • 1/2 xícara + 2 colheres de sopa de leite
  • 1/3 de xícara de café forte (fiz um café beeem forte, minha especialidade)
  • 1/2 xícara (100g) de manteiga sem sal, em temperatura ambiente (o que quer dizer quase derretendo, pois tem feito bastante calor em Salvador, esquema na Verão na Bahia)
Peneire (peneirar sempre, né?) a farinha + o chocolate em pó + o fermento em uma tigela e reserve. Em outra tigela bata o ovo e os açúcares até ficar homogêneo. Em seguida, acrescente o leite + o café + a manteiga e bata novamente. Misture os ingredientes secos até ficar homogêneo. Ponha a massa em forma média redonda, untada e enfarinhada (existe mesmo a palavra enfarinhada?). Asse em forno pré aquecido por aproximadamente 30 minutos ou até enfiar o palito e ele saia limpo!

Enquanto primeiro bolo assava, eu aproveitei para lavar os utensílios utilizado e separar os ingredientes para o segundo bolo!

Cobertura / Recheio (Ganache):
  • 500g de chocolate meio amargo (+ ou - 3 barras)
  • 400ml de creme de leite (2 caixinhas)
Esquente o creme de leite por 1 minuto no microondas, em seguida jogue sobre o chocolate picado e mexa com o fouet até ficar homogêneo (sem nem um pedaço de chocolate), leve a geladeira para esfriar por meia hora.

Usei o ganache para o recheio e a cobertura!

Não quer ter toda essa trabalheira para fazer uma "bolo confeitado"? Tudo bem, mas faça só o bolo para tomar com um café quentinho ou uma Coca-Cola bem gelada!

Ah! Também vale fazer a versão cupcakes!

segunda-feira, novembro 15, 2010

Muffin de Queijo e Gergelim

Sabe quando bate aquela fominha no fim de tarde? Foi por essa fominha que decidi fazer esse muffin, baseado em uma receita que peguei no Rainhas do Lar, mas nunca fiz exatamente igual (e dessa vez não poderia ser diferente)! A receita é ótima, mas acabo mudando no meio do caminho, falta uma coisa, sobra outra, acabam rolando umas substituições... Receita é assim mesmo, vivem sendo reinventadas ou "revisitadas" (como diz minha amiga Mari Hirsch)!


Receita:
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de café de sal (rasa)
  • 3 colheres de sapa de queijo parmesão ralado (arrasei no parmesão ralado na hora, super de qualidade)
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 250 ml de leite
  • 2 colheres de sopa de manteiga em temperatura ambiente (molinha mesmo)
  • 1/2 cebola picada (se você não gostar de cebola pode excluir dos ingredientes sem culpa)
  • 150g de queijo mussarela picado
  • 1 colher de sopa de gergelim (para decorar)

Primeira etapa: Peneire a farinha de trigo + sal + fermento, em seguida adicionar o queijo parmesão ralade e reserve.

Segunda etapa: Esquente o gergelim em uma frigideira anti aderente por um minutinho, só para dar uma leve torrada nele, reserve.

Terceira etapa: Adicione o ovo + leite + manteiga aos ingrediente da primeira etapa, misture com uma colher ou fouet. Em seguida acrescente a cebola e o queijo mussarela picado e misture!

Encha 3/4 das forminhas de muffin (untada) com a massa, jogue o gergelim por cima e leve ao forno médio, pré aquecido por aproximadamente 25 minutos, ou até enfiar o palito e ela sair limpo.

Espere esfriar para desenformar!

Como ele tem uma textura e sabor delicado, dá para comer com requeijão cremoso, ou uma pastinha de queijo, tomate seco, azeitona...

Ah! Preciso compartilhar minha felicidade, estou de FÉRIAS!

sexta-feira, novembro 12, 2010

Crumble de Blueberry

Ando tão cansada, estou num corre corre no trabalho (organizando as coisas antes de sair de férias), cheia de encomendas de caixas para entregar, ainda tem os preparativos para o meu aniversário (está pertinho), por conta de tudo isso, mal tenho posto os pés na cozinha! 

Eu estava pensando o que fazer com a caixinha de blueberry que morava no meu congelador, achei uma receita de tortinha bem interessante, mas a preguiça falou mais alto e, findei no crumble. Como toda fruta que chega aqui em casa vira crumble, não podia ser diferente com o blueberry, né? Posso dizer que no momento, crumble é a minha sobremesa favorita! Apesar de todo o cansaço, tenho o direito de comer algo gostoso, né?

Admito que sei as blueberrys meio sem expectativa, pois já disse que não achei uma fruta incrível, porque além de cara, não tem um sabor surpreendente, mas acabei me surpeendendo!



Receita:

  • 1 colher de manteiga gelada
  • 1 colher de açucar
  • 1 colher de castanha de caju picadinha
  • 1/3 xícara de farinha de trigo
  • 125g de bluebarry (congeladas)
Fiz uma farofinha com a manteiga + açucar + farinha de trigo + castanha de caju picadinha. Deixei as bluebarrys descongelarem naturalmente fora da geladeira,  as coloquei  num refratário pequeno e joguei a farofinha por cima. Levei ao forno por uns 25 minutos! Por fim, polvilhei açúcar de confeiteiro por cima e pronto!

Gosto de comer crumble morno, me conforta a alma!

quarta-feira, novembro 10, 2010

Para não ser pego de surpresa

Depois da situação com a bola de fermento, fiquei pensando sobre alguns cuidados importantes ao fazer uma receita. Quem nunca começou a fazer um bolo quando descobre que o fermento terminou, ou a quantidade de açúcar que você tem em casa é insuficiente, até mesmo o último ovo da geladeira está estragado? Eu poderia enumerar diversas situações complicadas que passamos por não nos organizarmos previamente!


Para evitar de sair correndo no meio da receita para encontrar o primeiro mercadinho, padaria, o que for, é importante separar todos os ingredientes listados na receita em vasilhinhas (tipo em programa de culinária), porque assim dá para saber se falta alguma coisa, se o ovo não está estragado...

Mais uma dica simples e importante, nunca quebre o ovo diretamente em outros ingrediente (eu as vezes faço isso), pois ele pode estar estragado e estragar tudo. De preferência, quebre os ovos um de cada vez, em vasilhas separadas, para um não estragar o outro (caso esteja estragado)! 

Eu sei que estou parecendo uma maluca paranóica com ovos (tudo culpa de um livro que estou lendo que tem um capítulo sobre ovos, qualquer dia falo dele por aqui), mas ovos estragam fácil dependendo do modo que são acondicionados e conservados. Além disso, é péssimo perder ingredientes, ou até mesmo uma receita inteira por causa de um ovo, né?

segunda-feira, novembro 08, 2010

Livros com Ótimos Preços

Acho que já deu para perceber que sou doida por livros (seja de culinária, seja do que for), por isso vivo ligada nas promoções e me sinto no dever de partilhar com outras pessoas as boas oportunidades para encher sua estante! 
A Americanas.com está com promoção de livros e frete grátis acima de 99 reais. Vamos a alguns títulos que podem nos interessar:

D. Benta de R$129,90 por R$39,90
    Jamie Oliver - O Chefe sem Mistérios - R$ 29,90
Cozinha das 7 famílias - Cozinha Francesa - R$29,90
  • Jamie em Casa - R$49,90
  • Livro do Brigadeiro - R$ 29,90
  • Culinária de todas as cores (Grelhados Suculentos, Saladas Nutritivas ou Receitas Irresistíveis com Chocolate) - R$17,90
  • Confeitaria - 200 Receitas Ilustradas Passo a Passo - R$59,90
No site tem muito mais!

sábado, novembro 06, 2010

Cake Pop

Mais do que uma receita, esse post é sobre a idéia do cake pop!


Esses bolinhos no palito fazem o maior sucesso entre crianças e adultos e podem ser super coloridos ou cheios de confeitos (o meu é uma versão "básica")!

Estava pensando em fazer cake pop para o meu aniversário, então decidi testar antes, pois vai que na hora não dava certo... Deu super certo! Dei de presente para os filhos da minha chefa e foi sucesso total, recebi um telefonema deles agradecendo e querendo saber quando eu faria mais (sinal de que eles gostaram de verdade)!

Pesquisei várias receitas, mas o que entendi é que não tem segredo, o bolo não precisa ser feito exclusivamente para o cake pop, pode ser um bolinho que você já tinha em casa. Em algumas receitas  usam creame cheese para dar liga, outras usam doce de leite, ou até creme de leite, o importante é a liga para fazer as bolinhas!

Fiz um bolo vermelho para dar um tchan e ter uma supresa ao morder o chocolate!

Receita Bolo:
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1 ovo grande
  • 1/2 xícara de leite
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 colher de café de baunilha
  • 1 colher de sopa de fermento
  • corante comestível a gosto (opcional)
Recheio:
  • 2 colheres de sopa de doce de leite
  • 1 colher de sopa de creme de leite (se preferir mais doce, troque o creme de leite por doce de leite)
Cobertura:
  • 200g de chocolate meio amargo ou ao leite (eu gosto de meio amargo, mas se fizer para crianças use o ao leite)
Bata a manteiga + o açucar até formar um creme, adicione o ovo e continue batendo. Acrescente a farinha de trigo intercalando com o leite. Ponha a baunilha e o corante e bata até conseguir a cor desejada. Por último adicione o fermento.

Despeje a massa em uma forma pequena, untada (usei forma de bolo inglês), leve ao forno pré aquecido por uns 30 minutos ou até enfiar o palito e ele sair sequinho.

A massa, o bolo, o farelo de bolo e os cake pops indo para o congelador

Espere o bolo esfriar e esfarele (eu cortei as casquinhas das beiradas, para não ficar pedaços escuros no cake pop).  Misture o doce de leite e o creme de leite para dar liga e fazer as bolinhas. Ponha um palito de pirulito em cada bolinha e leve ao congelador até a hora de passar no chocolate.

Derreta o chocolate no microondas ou banho maria, espere esfriar um pouco e banhe os "pirulitos" com a ajuda de uma colher. Ponha eles para secar em cima de papel manteiga. Se quiser decorar ou clocar confeitos, faça antes do chocolate secar!

Quanto ao chocolate, eu usei chocolate fracionado, que é só derreter e usar (eu não entendo nada de chocolate, por enquanto), mas sei que apesar de não ser nenhuma Brastemp, quebra o galho! Ainda mais no calor de Salvador pré verão e para crianças não faz tanta diferença!

Achei aqui uma definição dos 3 tipos de chocolate (Nobre, Hidrogenado e Fracionado):

"Chocolates Fracionados - Como os hidrogenados, também são coberturas. A diferença entre eles é que os fracionados são feitos com gordura extraída de um coco. Tem mais sabor de leite e textura aveludada. É ótimo para se ter mais economia nas preparações banhadas com chocolate, devido a sua textura mais fluída, permitindo casquinhas mais finas. Dá mais estrutura para se trabalhar e secar rápido. Como o hidrogenado, também dispensa o processo de temperagem (choque térmico)."

O sabor vai depender da marca que você escolher! Se preferir e seu bolso permitir, use chocolate "nobre", mas não vão resistir tão bem ao calor!

Rende aproximadamente 15 unidades

quarta-feira, novembro 03, 2010

Esfiha

Eu fico procurando uma oportunidade para me enfiar na cozinha, adoro! O problema é que não tenho quem coma as coisas que faço e, por mais que eu diminua as porções, eu e o marido não damos conta! Mas quando os amigos inventam uma reuniãozinha, pergunto logo se posso levar alguma coisa (cobaias, preciso de cobaias)!

Foi numa dessas reuniões que decidi fazer essa receita de esfihas que vi no blog Technicolor Kitchen. A receita é excelente, não é trabalhosa e rende em média 60 esfihas, fiz meia receita (o que para o porte da minha reunião, também era muito, por isso acabei presenteando um casal de vizinhos com algumas)!


Eu segui direitinho a receita original e deu super certo, mas admito que economizei no sal e nos condimentos (fiquei com medo de pesar a mão), se tivesse seguido as medidas, o recheio podia ter ficado mais saboroso! Segue a receita com as medidas e porções para 60 unidades, mas se quiser faça meia receita.

Recheio:
  • 1/2 kg de carne moída
  • 2 tomates maduros, sem semente e picados
  • 1/2 cebola picada
  • 1/2 xícara de salsinha picada
  • 2 colheres de chá de sal
  • suco de 1 limão
  • 1 colher de chá de pimenta síria (fiz uma misturinha de pimenta caiena e canela em pó)
Massa:
    • 2 tabletes de fermento biológico fresco - 30g (eu me confundi e usei 2 pacotinhos de 10g cada)
    • 500ml de leite morno
    • 3 colheres de sopa de açúcar
    • 1 e 1/2 colher de chá de sal 
    • 2 colheres de sopa de óleo
    • 6 e 1/2 xícaras de farinha de trigo (mais ou menos 750g)
    Antes de começar o recheio, aperte bem a carne moída crua em uma peneira para retirar o excesso de líquido, para que a carne não solte muito líquido durante o cozimento (dentro da esfiha). Em seguida, incorpore a carne os demais ingredientes do recheio, até obter uma massa homogênea.

    Para a massa, dilua o fermento no leite morno, acrescente o açúcar, o sal e o óleo. Aos poucos acrescente a farinha até obter uma massa homogênea, cubra com um pano de prato e deixe descansar por 5 minutos.   
    Em seguida, trabalhe a massa (sovando em uma bancada polvilhada com farinha), faça bolinhas do tamanho de uma noz e deixe descansar novamente por 10 minutos, em assadeira coberta com um pano.

    Abra a bolinha de massa com os dedos (não achei necessário usar o rolo), em formato de disco, coloque  1/2 colher de sopa de recheio. 

    Feche as partes assim, primeiro um ladinho, depois o outro, formando um triângulo.
    Aperte as beiradas para não estourarem ao assar!


    Ponha as esfihas em uma assadeira untada (eu usei anti aderente), com uma distância de 2 cm entre elas. Asse em forno pré aquecido por aproximadamente 25 minutos, ou até dourarem. Caso queira, pincele as esfihas com um ovo levemente batido, vai dar uma corzinha ao assar.

    Para que é vegetariano, pode fazer um recheio com ricota temperada (beeeem temperada), com espinafre refogado no alho, por ai vai...

    segunda-feira, novembro 01, 2010

    livros de desejo

    Amo livros!
    Minha pequena coleção de livros sobre culinária vive querendo crescer, por enquanto é só um desejo, mas um dia estarão na minha prateleira!

    Jamie em casa, será que dá para ser melhor que isso?



    Livro de confeitaria + fotos do passo a passo = SONHO DE CONSUMO


    Sou doidinha por esse livro, não sei se pelas receitas, mas por seu charme e fofura! As fotos são incríveis, tudo bem explicadinho, totalmente feminino! Simplesmente amo!




    Todos os livros da coleção "Cozinha das 7 famílias" são bem vindos a minha "biblioteca", até o momento eu só tenho o da família indiana (ah! a foto é ilustrativa, porque na real eles são fininhos, os da foto parecem enciclopédias).

    Quem não gosta de brigadeiro? Livro totalmente dedicado ao doce, escrito por Juliana Motter, a criadora do Atelier Maria Brigadeiro


    A coleção "Culinária de todas as cores", possui 15 livros com temas variados, é super prática, além de ser baratinha.