quinta-feira, abril 22, 2010

mudando de assunto...

A minha vida está uma correria! 



Desde que passei a trabalhar em 1 lugar por meio período, fiquei me sentindo "vagabunda", para ocupar o tempo decidi fazer um curso de artesanato (coisa de desocupado mesmo, diga ai?)! O curso era bem bacana, e as minhas colegas eram "MARA"! A faixa etária das colegas girava em torno de 60 anos, eu era uma adolescente no meio delas, mas me distraia ouvindo as conversas sobre o ex marido de uma, a neta de outra, a final do programa "A Fazenda", o capítulo decisivo da novela...

A idéia do curso era me distrair, não tinha o objetivo de ganhar grana, no máximo poder presentear os amigos com peças manufaturadas, até o dia que levei uma caixa para o trabalho, minha chefa me obrigou a vender (e eu lá ia discutir com ela? Além de ser minha chefa, ela pagou em dinheiro na hora, irrecusável), outras colegas se interessaram e uma pediu para levar e mostrar para umas amigas.

Pronto, de lá para cá estou escrava do dia das mães! Todo mundo quer caixas para presentear (o que é ótimo, não estou reclamando de jeito nenhum, principalmente porque eu preciso de dinheiro) e eu estou em função disso!

E comida?  A falta de tempo e o aparelho não tem deixado eu pensar muito nisso, comer só para matar a fome mesmo (ontem o coitado do marido pediu comida chinesa, uma vergonha)!

Essa são algumas das minhas caixas, bandejas, etc:


baúzinho de pátina marroquina


caixa de costura com engomagem


bandeja de pastilhas (e a bagunça da minha mesa)


engradado com papel tipo jornal


pátina tipo provençal


cupcake, porque não podia faltar uma comidinha, hein?



5 comentários:

SILVANA disse...

meu preferido? o engradado tipo jornal!!! hehehe..
bjs,

lubisco disse...

eu tenho uma AMIGA tão prendada.

Aline disse...

Oi Duda!!
Parabéns pelas peças, estão lindas!!
Artesanato não é coisa de vagabundo não, pelo contrário, dá muito mais trabalho fazer uma peça caprichada do que muito emprego por aí. E ele pode gerar uma renda muito boa, sabendo cobrar pelo seu trabalho (não vendendo tão barato que o valor nem cubra suas despesas).
Beijoss

Aline disse...

Opa, citei vagabundo, mas quis dizer desocupado...rs... foi mal...

Beijosss
=P

Louca dos Gatos disse...

adorei a de jornal. tão orgulhosa de vc, amiga! preciso de tempo para retomar minhas bolsas!