sexta-feira, abril 30, 2010

Alice está com tudo e não está prosa

Mesmo antes do lançamento do filme no Brasil, a expectativa já era grande!
Ai vocês devem estar pensando: "ela vai falar de cinema? Mas o blog não é de comida, coisinhas e tal?". Podem ficar tranquilos, mesmo a Alice sendo uma fofa eu não vou falar do filme (até porque ainda não assisti), vou mostrar uns bolinhos inspirados no filme!


 
Isso não é um chapeleiro maluco, ele é comportado demais. 
Esse bolo é da Otávia


Cupcakes de coelho, lagarta, gato...
Barra Doce


Podem acreditar, isso é um bolo de verdade,
retirado daqui


alguém tem coragem de comer um cupcake lindinho desse?

Ah! Estou cheia de receitas para postar, mas continuo correndo como o coelho da Alice!



terça-feira, abril 27, 2010

Os cupcakes que deram certo

Agora sim, esses são os cupcakes que deram certo, valeu a pena não desistir!

Olha que lindinhos!

Essa receita é a básica, que NUNCA me deixou na mão!

Ingredientes:

½ xícara de açúcar mascavo
3 colheres de sopa (rasas) de manteiga ou margarina
2 ovos grandes (ou 3 pequenos)
½ xícara de leite
1 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de chocolate em pó
1 colher de sopa (cheia) de fermento
1 colher de café de essência de baunilha (opcional)
quadradinhos de chocolate meio amargo (ou o que tiver em casa)

Preparo:

Bata em uma batedeira (porque no braço cansa, mas se tiver disposição...) o açúcar e a manteiga, acrescente os ovos, em seguida acrescente a farinha, o leite e a essência de baunilha. Por último misture na massa o fermento e o chocolate em pó.


Eu gosto dos bolinhos grandes (coisa de gordo, hehe), por isso encho as forminhas em 2/3. Primeiro coloco parte da massa, ponho o quadradinho de chocolate e cubro com mais um pouco de massa! Leva ao forno bem quente, pré aquecido, de 15 a 20 minutos e pronto!

Enquanto eles esfriam, você faz a cobertura, facinho, facinho! É só misturar uma barra de chocolate branco derretido com umas 2 colheres de creme de leite em temperatura ambiente (detesto quando aparece isso em receita, até parece que a temperatura ambiente aqui no Nordeste é igual a temperatura ambiente do Sul, aff), formando um creme espesso e liso. Por fim, acrescente corante alimentício (ou não, caso não tenha)!


A aniversariante com seus presentes

Eu acho essa massa básica, uso para diversos cupcakes, é só trocar o leite por suco de maracujá, tirar o chocolate e acrescentar nozes... e por ai vai! Pode trocar o leite por iogurte? Nem pensar (hihihihi)!

segunda-feira, abril 26, 2010

nem tudo são flores, ou cupcakes

Cozinha é um grande laboratório, você vai misturando ingredientes, buscando uma harmonia entre os sabores, uma boa aparência do prato, mas muitas vezes os resultados podem ser desastrosos (parece dramático, mas é verdade)!

No final de semana eu tinha um aniversário para ir e decidi dar de presente uns cupcakes, além da bandeja que eu havia feito! Estava super ocupada, com o tempo contado, por isso decidi fazer os cupcakes um dia antes e deixar para decorá-los no dia (até ai tudo bem), meu erro foi de querer mexer em time que estava ganhando. Ao invés de fazer os velhos e bons cupcakes que sempre deram certo, fui inventar de ser destemida e usar uma receita que já tinha tentado antes e não tinha dado certo!

Meus bolinhos mucharam e ficaram borrachudos, com uma cara feiosinha que dava pena!


tá vendo como o meu ficou murchinho?


 

 Olha os originais como são lindos! Uma receita da Nigella, tirada do Rainhas do Lar


Na hora dei uma desanimada, tentei entender o que tinha feito de errado, culpei o iogurte (da primeira vez culpei o bicarbonato, hehehe... sempre arrumando culpados externos, hein?), mas esse desânimo não durou muito tempo, pois não seria vencida por uma receita qualquer (qualquer nada, Nigella é mega-ultra-power e tem seu próprio programa de tv, enquanto eu... deixa pra lá)!

No dia seguinte, depois de chegar da pós graduação, morta de cansada, fui para a cozinha fazer novos cupcakes que deram SUPER certo! O negócio é levantar a poeira e dar a volta por cima, hehehe (que brega. Ainda bem que meu terapeuta não lê o meu blog, ele não ia acreditar que eu estou dando conselhos positivos, ia achar que fui abduzida por ETs)!


quinta-feira, abril 22, 2010

mudando de assunto...

A minha vida está uma correria! 



Desde que passei a trabalhar em 1 lugar por meio período, fiquei me sentindo "vagabunda", para ocupar o tempo decidi fazer um curso de artesanato (coisa de desocupado mesmo, diga ai?)! O curso era bem bacana, e as minhas colegas eram "MARA"! A faixa etária das colegas girava em torno de 60 anos, eu era uma adolescente no meio delas, mas me distraia ouvindo as conversas sobre o ex marido de uma, a neta de outra, a final do programa "A Fazenda", o capítulo decisivo da novela...

A idéia do curso era me distrair, não tinha o objetivo de ganhar grana, no máximo poder presentear os amigos com peças manufaturadas, até o dia que levei uma caixa para o trabalho, minha chefa me obrigou a vender (e eu lá ia discutir com ela? Além de ser minha chefa, ela pagou em dinheiro na hora, irrecusável), outras colegas se interessaram e uma pediu para levar e mostrar para umas amigas.

Pronto, de lá para cá estou escrava do dia das mães! Todo mundo quer caixas para presentear (o que é ótimo, não estou reclamando de jeito nenhum, principalmente porque eu preciso de dinheiro) e eu estou em função disso!

E comida?  A falta de tempo e o aparelho não tem deixado eu pensar muito nisso, comer só para matar a fome mesmo (ontem o coitado do marido pediu comida chinesa, uma vergonha)!

Essa são algumas das minhas caixas, bandejas, etc:


baúzinho de pátina marroquina


caixa de costura com engomagem


bandeja de pastilhas (e a bagunça da minha mesa)


engradado com papel tipo jornal


pátina tipo provençal


cupcake, porque não podia faltar uma comidinha, hein?



terça-feira, abril 20, 2010

Chilli

A saga do chilli começou quando o marido disse que ADORAVA chilli! Na hora eu pensei: "como assim, ele adora chilli e eu não sei fazer?" Sai em busca de uma receita na internet, mas terminei adaptando ao meu gosto (com sempre, hehe)!



Ele é estrela aqui em casa e como rende bastante eu aproveito para congelar!
Observação para os vegetarianos, pode substituir a carne por soja e o caldo de carne por caldo de legumes!

Receita

  • 1/2 kg de feijão mulatinho, carioquinha, seja lá o nome que se usa...
  • 1/2 kg de carne moída 
  • 520 ml de molho pronto de tomate
  • 2 cubos de caldo de carne (tem gente diz que é artificial e faz mal, mas eu adoro o gosto e a praticidade, quem não gosta usa só sal mesmo)
  • 1 cebola em cubinhos
  • 2 dentes de alho amassado (eu compro aquele picadinho, pois não feder a alho  é tudo na vida)
  • pimenta calabresa moída ( ou seca mesmo)
  • pimenta dedo de moça picadinha (caso não queira cuspir fogo é melhor tirar as sementes)
  • sal, se necessário
  • azeite
  • pimenta do reino moída

É bem fácil.

o feijão batido e o molho de carne 


Primeiro passo é cozinhar bastante o feijão, só com um salzinho, de leve. Como eu não uso panela de pressão (morro de medo de explodir e nem adianta tentar explicar, é um medo irracional), o meu feijão demooooora pra cozinhar! 
Feijão cozido, bata no liquidificador com um pouco o caldo (quanto mais caldo e mais molho de tomate, menos espesso seu chilli), reserve!
Refogue o alho e a cebola com azeite, acrescente a carne moida, adcione o molho de tomate aos poucos (não precisa usar a caixinha toda), ponha o caldo de carne, a pimenta do reino moída e deixe ferver!
Por último incorpore o feijão batido, as pimentas a gosto, deixe ferver em fogo baixo e pronto!
Costumamos comer com Doritos!

sexta-feira, abril 16, 2010

muffin de queijo e orégano

Outro dia tive um café com alguns amigos (muito queridos) e decidi fazer esse mufin salgado, mas claro que também teve muffin doce, né? A receita original não é minha e a minha não parece nada com a original (hehehe...), eu tenho mania de alterar todas as receitas!



Nas receitas sofisticadas as pessoas usam uns produtos que você não encontra "logo ali no Bompreço", o que acaba inviabilizando a receita, por isso eu troco pelo que tenho em casa, se não tenho gergelim, alecrim...vai orégano mesmo! Ah, também não gosto de receita em gramas, pois não tenho balança em casa (e acredito que a maioria dos mortais também não tenham), acabo fazendo tudo no olhômetro, mas como peguei essa receita de outra pessoa, vai em gramas mesmo!


Receita:

  • 2 ovos grandes
  • 250 ml de leite (um copo)
  • 100 g de manteiga mole (eu lá sei quanto é isso? só se comprar uma barrinha de 200 grs e cortar ao meio, um saco!)
  • 300 g de farinha de trigo (olha a inconveniência de novo)
  • 3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
  • 150 / 200g de queijo triturado ou picadinho (provolone, mussarela, ricota, o que tiver em casa e você gostar)
  • 1 colher de sopa de fermento
  • 1 colher de sopa de orégano
  • 1 colher de café de sal (eu morro de medo de salgar a comida, prefiro pecar pela falta, ainda mais usando queijo que já é salgado, exceto com a sem graça da ricota!!!)
  • opcional usar pimenta do reino moída na hora o quanto baste para o seu paladar (para o meu marido nunca basta!)
Em um recipiente você mistura os ingredientes secos (farinha, queijo ralado, orégano, sal e fermento). Em outro recipiente bata os ovos, a manteiga (na mão mesmo), depois acrescenta o leite. Incorpora essa mistura aos ingredientes secos, por último acrescenta o queijo, ajusta no sal e na pimenta!

A massa fica meio emboladinha assim:


Agora é colocar em formas de muffin ou bolo inglês, levar ao forno alto por aproximadamente 20 minutos ou até dourar (mais que os da foto, pois os meus não deixei dourar, estava com pressa)!
Fica bom servir com uma pastinha de queijo, azeitona, ervas finas... pode ser comprada pronta ou feita em casa! E cuidado com o sal, sempre!


para quem não conhece essas são formas de bolo inglês

quarta-feira, abril 14, 2010

Eu terei um "cupcake kit"


Falando sério, é mais barato comprar (com frete e tudo) no Amazon, do que comprar em um site no Brasil com frete São Paulo / Salvador.  Comprar em Salvador eu nem cogito:

  • porque apesar de ser uma capital, você não encontra nada; 
  • porque caso encontre, vai custar 2x mais que em São Paulo e sem frete!
O importante é que comprei o meu kit com um livro de receitas (de cupcakes, é claro!), 250 forminhas e um saco de confeiteiro com 5 bicos diferentes! Vou virar profissa!


O único problema é que o livro é em inglês e eu sou analfabeta de inglês, mas a gente casa e tem amigos inteligentes para essas horas também (quer comer um cupcake? traduz uma receita que eu te dou! hehe)!

Só faltou grana para comprar o pijama de cupcake!


Fiquei tão empolgada com a minha aquisição que fechei logo a compra e só fui fuçar a site depois, mas recomendo!





terça-feira, abril 13, 2010

pizza light

Essa vai para o amigo Lubisco, que reclamou de só ter comidinhas engordativas por aqui! Como ele é homem, e homem gosta de comer, nada de dicas como sopinha ou suquinho, ok, entendido! Essa pizza vai bem com um mega copo de coca-cola zero cheio de gelo!

pizza de atum


preparação

Receita:
  • 2 discos de pizza de frigideira (a massa que usei foram 3 pontos as duas, calculado com a régua do Vigilantes, mas a integral tem em média 1 ponto cada)
  • 2 colheres de sopa de molho de tomate pronto (0 ponto)
  • 1 lata de atum em conserva de água (2 pontos)
  • 2 fatias de mussarela (3 pontos, segundo o Vigilantes. Eu preciso confessar que no queijo eu roubo para menos, só conto 2 pontos, acho um absurdo, hehehe!)
Você pode acrescentar orégano, cebola em fatias finas, tomate em rodelas, champignon (1/2 xícara 0 ponto) e por ai vai...
No final você come 2 pizzas grandinhas, por meros 8 ou 7 pontos (se for com o meu roubo para menos no queijo)!
Se estiver bem pobrinho de pontos no dia, tira o atum e faz vegetariana, são 2 pontos a menos!
Ai dá para comer sem culpa, feliz da vida!


sexta-feira, abril 09, 2010

top 5

Essa semana sai completamente do prumo (alimenticiamente falando), foi um show de comer coisinhas gostosinhas. Foi uma sucessão de acontecimentos,  o meu dentista que me deixou 3 dias de atestado em casa, a aparição de uma TPMzinha de leve, a chuvinha gostosa... findou nisso: muffin de milho com doce de leite!

Na boa, de todos os que eu fiz, esse é o melhor de todos do mundo inteiro, sem contar que é super fácil!
Numa tarde preguiçosa, fui buscar nos livros de Jamie Oliver e Nigella uma receitinha para um mimo, mas encontrei mesmo foi no livro de receitas da minha mãe! Minha mãe nunca foi uma boa cozinheira, sempre detestou cozinha, mas em um certo momento da vida dela (estava com tempo e energia de sobra), decidiu compilar as receitas que tinha em casa e fez 3 livros:

  1. carnes, aves, peixes...
  2. arroz, massas, saladas, verduras...
  3. bolos, tortas, pudins, cremes e musses...
Ela nunca usou muito, mas eu me esbaldava nas receitas, o de doces está todo velhinho, sujo de farinha de trigo, bem com cara de usado mesmo!


muffin delícia que detonou com minha dieta
Receita:
  • 1 lata de milho verde
  • 1 garrafa pequena de leite de coco
  • 1 1/2 xícara de farinha de milho (daquelas de cuscuz)
  • 1 xícara de açucar (na receita dizia 1 1/2, mas eu diminui para poder colocar doce de leite)
  • 4 ovos
  • 2 colheres de sopa de manteiga (na receita dizia 100grs, mas eu achei um absurdo)
Agora bate tudinho no liquidificador e pronto! Fácilimo!
Não precisa fazer na forminha de muffin, pode fazer um forma convencional, untada com manteiga e farinha. Leva ao forno alto por uns 20 minutos, ou até enfiar um palito e sair sequinho!
No fim é só colocar doce deleite por cima e comer sem culpa!


quinta-feira, abril 08, 2010

Papel de parede por Marcelo Rosenbaum

Eles voltaram, com estampas lindas e ainda estão super na moda!
Esses são da série "Grafismo" de Marcelo Rosenbaum, são 10 modelos, com aproximadamente 4 cores diferentes para cada, eles  podem ser comprados com precinho camarada aqui! Eu já comprei o meu, agora é rezar para a chuva passar, a urucubaca deixar e a casa se aprumar, hehehe!









segunda-feira, abril 05, 2010

caixotes repaginados

A primeira vez que vi esses móveis de caixote fiquei doida, só conseguia imaginar um desses na minha casa nova!

Eles foram criados pelo designer paulistano Mutza, que batizou a coleção de "tangerina" e são feitos de caixotes de MDF, laqueados de diversas cores. Os preços não são dos mais salgados, a final é peça de um "designer", custa em média R$120,00 cada caixote, mas se você quiser uma parede deles, pode preparar o bolso!



essa mesinha de cabeceira custa R$ 290,00

a mesinha de centro eu não encontrei o preço, mas dá para imaginar, né?

Como nessa vida nada se cria, tudo se copia, eu estive pensando usar essa idéia e fazer uma mesinha de cabeceira para mim! Encomendo o caixote em MDF nas medidas que eu quiser, pinto e mando colocar os pés, ou quem sabe rodinhas! Se der certo eu conto!


sábado, abril 03, 2010

bicho de pé de tia Mariá

Não, minha tia não está com bicho de pé!

Eu e tia Mariá


É que no dia 1 de abril, tia Mariá completou 95 anos, isso mesmo, 95 anos! Não foi uma festa (mas deveria, pois 95 anos deveriam ser comemorados em grande estilo), foi só um almoço com as mulheres da família e eu decidi fazer um bolo e uns docinhos!

Já tinha visto uma receita de bicho de pé, mas nunca tinha comido, então decidi aliar a fome com a vontade de comer (tudo a ver numa receita, hein?)! O bolo eu usei essa receita tirada do Rainhas do Lar, infelizmente não tirei foto, nem fiquei para comer porque estava com pressa, mas segundo minha mãe ficou uma delícia!

Sobre o bicho de pé, é facílimo e uma delícia, tem gente que acha muito doce (e não é para ser?), pra mim é doce e ponto!

Receita:
1 lata de leite condensado
1/2 pacote de gelatina de morango
açucar cristal para decorar

Não tem segredo, faz como brigadeiro, mexe até ficar no ponto de enrolar (sou péssima nessa parte, tenho preguiça de ficar mexendo) e está pronto seu bicho de pé!
Na receita que eu peguei dizia que rendereia 40 unidades, mas as minhas coisas nunca rendem como nas receitas, só renderam 30 unidades (quer dizer, talvez uns 33 e eu comi uns 3 durante a enrolação...)!

quinta-feira, abril 01, 2010

receitinha light

É época de caqui e eu adoooro!
Adoro porque me lembra meu pai, que trazia uma caixa toda vez que ia para São Paulo, pois na época não vendia aqui!
Adoro porque me lembra a minha infância!
Eu tinha 2 caquis beeem maduros em casa e sabia que eles estragariam caso eu não consumisse logo! Bem, decidi fazer um sorvetinho light!



Fácil, rápido e zero ponto (para Vigilantes do Peso):

  • 2 caquis maduros 
  • 500 ml de leite desnatado (usei 4 colheres de sopa de leite desnatado em 500 ml de água)
  • 15 ou 20 gotas de adoçante 
bate no liquidificador, passa na peneira e coloca em potinhos plásticos, ou em forma de gelo (vira "abafa banca").




Rende 10 potinhos de 100ml

Para quem não se preocupa com as calorias, pode trocar o leite desnatado por leite integral, o adoçante por açucar e adcionar uma caixinha de creme de leite (para ficar mais cremoso)!